segunda-feira, maio 15, 2006

Aventuras ao volante (parte 2)

Conduzir é sempre uma aventura. Em Portugal estamos sujeitos à condução de péssima qualidade da maioria dos condutores, ou não fôssemos recordistas em acidentes e mortos na estrada.

Nos States… a não termos mapa e às indicações de estradas serem mazinhas acrescenta-se os condutores americanos. Os piscas também devem ser poupados, por isso é raro vê-los. Os riscos contínuos ou hiper-proibidos não têm grande importância e passa-se por cima sem problema. Ultrapassar pela direita também é uma hipótese já que as auto-estradas têm tipo 5 faixas para cada lado e a malta baralha-se.
As distâncias estão em milhas e o velocímetro também se expressa em milhas. A gasosa é em gallons e é assim… metade do preço!
1 gallon = 3,785412 litro; o carro levou 9,103G =~34,4586L; pagámos 28,21USD =~23,51EUR, ou seja, cada litro de gasosa (não era gasóleo) custou 0,68eur! E cá andamos a pagar quase 1,5eur! “#$&%/*?!*$#%

Muitos carros têm uns laços atrás, em autocolante, assim do tamanho de uma mão aberta, grande, e com várias cores. As mensagens dizem “support our troops”, com fundo amarelo, rosa ou inevitável “bandeira americana” e assim… que bonito o amor à pátria. Só que nem sabem por onde andam as tropas, ou pelo menos não conseguem identificar num mapa mundo onde raio é o Iraque! Ou a maioria dos países da Europa.


JM