sexta-feira, junho 22, 2018

Loja tuga em Hoofddorp


Já tinha ouvido falar da nova loja tuga em hoofddorp mas não ficava muito bem a caminho… depois ouvi que tinha broa de milho congelada… eh la… isso aumenta o interesse!
Passei lá com um colega com carro e gostei muito. Assim mais requintada que o Neves, com broa e pão com chouriço congelados, com pastelaria congelada, com as azeitonas no alguidar, nozes e avelãs na casca, limões e laranjas do Algarve, muitos vinhos, enchidos e enlatados, um bocadinho de tudo que agrada sempre à vista e aquece o coração do emigrante J
Hoofdweg 659, 2131 BB Hoofddorp, fb aqui

quinta-feira, junho 21, 2018

Gelados la la ijs


A Primavera tem sido simpática, com vários dias de Verão para aproveitar (hoje sim, amanhã não, daqui a 3 dias verão outra vez…). Talvez no Verão chova, aqui nada é garantido…
Num dia de calor, fomos experimentar outra gelataria, o la-la-ijs perto do De Hallen, com gelados biológicos e vários vegan, para agradar aos hipsters todos.
“Home is where the ice cream”… is? Provámos um sorbet de chocolate com (muitos) pedaços de laranja. E limão e manjericão (muito fresco) e karnemelk (leite azedo) com curcuma e lavanda/alfazema, também muito agradável.
Não é dos sítios mais baratos, mas os gelados eram bons e em bom tamanho de bola servida.

sexta-feira, junho 15, 2018

Ponto de recolha do lixo


O lixo doméstico no centro funciona por dias, recolhem 2x por semana. Mais fora do centro, há contentores e pode-se ir lá pôr quando se quer, embora alguns tenham restrições de dias e horas.
Lixo de maiores dimensões pode ser recolhido em casa (com agendamento) ou pode ser entregue nos pontos de recolha fora do centro.
Arranjei amigo com carro e disponibilidade e fui ao lixo deixar um sobre-colchão. Achei bem organizadinho, por números para o tipo de lixo que se tenha, de obras, de metal, madeira, do jardim… o que fui em Henk Sneevlietweg (Nieuw-West) agora também abre ao Domingo, que dá sempre jeito!

quinta-feira, junho 14, 2018

Happy Happy Joy Joy


O Happy happy joyjoy abriu há uns tempos no West e recentemente expandiu para o East.
Sempre com decoração muito colorida, mistura as cozinhas asiáticas com várias opções de petiscos ideais para partilhar com os amigos, assim mais para o fancy (não sai barato).
O do East tem esplanada no verão, mas quando fui estava de chuva e apanhei uma sra molha, já que tive de andar bastante a pé L
Boa comidinha, uma sopinha thai Tom Kha Kai, umas Duck Guiozas, um Peking Duck Bao, um dim sum Dai Tji Kauw e uns legumes Bok Choy. E depois uma salada de frutas tropical. Estava cheio mas conseguimos lugar no bar, sem reserva, e o serviço é rápido, coisas pequenas que vão saindo dos cestos de bambu cozinhados a vapor e afins… 

terça-feira, junho 12, 2018

Lyon 8

Num outro metro para longe, sudeste da cidade, assim quase no meio do nada, zona residencial, estão as Cidades Ideais, assim bastante ocre e imaginativo, futurista ou... estranho... são 25 paredes em vários quarteirões, integrados no museu urbanoTony Garnier.
E há também um fresco de Shangai e uma Torre de Babel.
E na paragem de tram para voltar, encontrei uma pastelaria tuga J

Lyon vale muito a pena num fds!

segunda-feira, junho 11, 2018

Lyon 7

Lyon teve muitas surpresas, e sem grande planeamento, foi coisa de ir olhando para o mapa e delinear percurso à medida do passo e interesses. Depois percebemos que havia muitos frescos pintados em fachadas de edifícios... fomos então à descoberta...
Começamos pelo fresco das celebridades de Lyon, 24 personagens, onde se inclui o chef Paul Bocuse (3 *** Michelin) que faleceu este ano, Saint-Exupéry e os irmãosLumière. É de facto muito giro de apreciar, o pormenor, a dimensão, a vida que transmite!
Mais abaixo do rio temos a Biblioteca da Cidade, com vários livros e excertos para demorar a ler e ficar a pensar no assunto.
 Do outro lado está o “la Cour des Loges” mas bastante tapado com as árvores.

Fomos de metro até mais a Norte só para ver o Mural des Canuts, o maior da Europa, que é também algo espectacular para ficar a ser impressionado com a ilusão de óptica de profundidade e da vida de bairro daquela parede... teve várias versões ao longo dos anos.

sexta-feira, junho 08, 2018

Lyon 6

No sábado era a noite europeia dos museus, com entrada gratuita. Depois de muitos km nas pernas, acabámos por só visitar o museu des confluences, que fica situado na confluência dos rios Rhône e Saône. Engraçado ver que o Reno é mais jolie, verde/azul e o Saône é mais castanho. Na junção, ainda se avista uma espécie de linha ondulada onde as águas teimam em harmonizar. Corações no empredado do caminho, olha fica bonito, mas não sei o significado.
A arquitectura do museu é muito curiosa, diferente, inédita, para começar a entrar no espírito do conteúdo do museu, assim muito... diverso e inesperado. 
Aqui temos o Iamsterdam, que podia ser I Am Amsterdam... mas aqui preferiram Only Lyon em vez de Onlyon, se calhar soava a estranho... leva foto na mesma J
No terraço do museu dá para continuar a admirar a estrutura metálica e a vista dessa zona da cidade. 

No interior, várias salas dedicadas a temas como ciências naturais, ciências da terra, ciências da vida, ciências humanas, tecnologia... assim uma grande misturada em cada sala.
Até achei piada à cadeira, também leva foto...