sexta-feira, junho 14, 2019

Dia mundial do doador de sangue

Era doadora de sangue em PT e tornei-me aqui também, não custa nada e sabe bem, sentimento de boa cidadania e até pode ser considerado saudável. E ficamos a saber se estamos ok, de modo simples, medir a tensão, ver a hemoglobina, e se tivermos alguma doença/ se algum teste der um resultado fora dos parâmetros normais, contactam-nos.
Hoje é o dia mundial do doador de sangue, desconhecia, mas a Sanquin enviou e-mail a agradecer "enormemente" as minhas dádivas.
É muito fácil tornar-se dador, e há muitos locais onde se pode doar, com horário flexível, pessoal sempre com um sorriso e muito simpático, e depois um snack e bebida para descansar e recompôr. Em PT, na sede da CGD, era um festim de comida, às 9 da manhã já podia estar a comer pastéis de bacalhau...
De nada, é um prazer ajudar quem precisa!

terça-feira, maio 28, 2019

Pieke Potloed

Num fim de semana com amigas, fomos até ao sul do país na zona do Limburgo, onde as tartes vlaai são uma maravilha, e todos são hiper simpáticos e atenciosos... estamos na Holanda?? :P
Para jantar, foi-nos recomendado o Pieke Potloed, que em cima da hora nos conseguiu mesa. Os menus de outros restaurantes tinham pratos semelhantes, cozinha da região de Maastricht, com influência Belga e Alemã.
Camarões tempura e croquetes de queijo do Limburgo, da gruta, servido com pãozinho delicioso com figos, nozes e tâmaras.
Ambiente simpático, mas demorou qb até vir o prato principal.
Em tempo de espargos, veio um prato da época; um estufado de carne de porco cozinhada com cerveja local, das escuras (sabor agradável); um coelho à moda local com uma dose excessiva de cravinho e avinagrado (a ideia era boa mas o tempero não foi o preferido); e outro estufado de carne de vaca também avinagrada que era meio estranho no paladar.
Era um sítio giro, com muitas cervejas locais, mas os pratos locais têm mesmo sabores pouco comuns a que não estamos habituadas... ainda assim, voltaria para provar outras iguarias, por isso recomendo na mesma...

quarta-feira, abril 17, 2019

hola poke

Quando o tempo começa a melhorar, volta a apetecer um poké, que entretanto se tornou muito comum e fácil de encontrar na cidade toda.
O Hola Poke tem a particularidade de ter poké com... polvo! Ah que maravilha!!
O sr era hispânico, acho que do Ecuador, e a diferença dos outros pokés é que neste o peixe é marinado, polvo, camarões, atum ou salmão, com vários temperos bons...
Tudo muito pink e fofinho, serviço simpático, pouca gente ao jantar e com espaço convidativo para dois dedos de conversa entre amigas.
Também tem açaí na tigela e os bolos tinham óptimo aspecto, mas o poké era tão grande que não havia espaço para mais... talvez na próxima visita!

segunda-feira, abril 15, 2019

Neve nos Alpes Italianos - Siusi

2a viagem à neve! Depois de 1 fds em Janeiro, agora foi 1 semana inteira... e é giro!
Vale Gardena, Alpes de Siusi, Itália, mas a parecer Alemanha pela 1a língua falada e menus com muito porquinho sempre presente.
De carro, foram 12h à ida e 12h30 no regresso, cansativo, mas muito mais barato que avião ou comboio e pode-se levar tudo e mais alguma coisa no carro...
Já em fim de época, tivemos sorte por mudar para época baixa e baixar o preço do passe de ski. E no entretanto as lojas estavam em saldos e comprei capacete e óculos, casaco na decathlon e as calças já tinha comprado antes.
O resto serve +- o que se tem de roupa de inverno desportiva. Aluguei skis e botas e siga!
Não pesquisei a zona antecipadamente, mas o mapa das pistas era gigante, cerca de 500km de pistas em redor das Dolomites, património mundial protegido da Unesco.
Também explorámos a zona de carro e fomos 2 dias para Plan de Gralba, onde tinha ainda mais pistas, mais pretas, e com possibilidade de ligação a outras zonas, entre elevadores e pistas cruzadas.
Dá para se perder durante o dia e só voltar a encontrar muitas horas depois, sem aborrecimento e com vistas lindíssimas de montanha, branco, silêncio, sol e céu azul, uma maravilha!
Dava para fazer 2 percursos à volta do grupo Sella, as montanhas particulares desta zona, um no sentido do relógio e contrário, um mais difícil que outro. Ainda não estou nesse nível, iria demorar demasiado tempo a percorrer, mas quem sabe noutro ano...
Tive uma aula muito útil em que fomos logo para a pista vermelha treinar... aprendi a técnica e melhorei. No último dia fiz mais vermelhas, embora sempre com cuidado e alguma lentidão, mas a gostar!
E há pistas com túneis, slalom, espaço para saltos e afins, descidas íngremes com medição da velocidade atingida, animação para todos os gostos e níveis de experiência.
2 pizzas fantásticas, uma com o azeite picante na mesa e outra cozinhada com orégãos, não sei qual é o mais tradicional mas gosto de ambas as versões! Um tiramisú no meio da montanha de chorar por mais... E experimentei os knödels, que são umas bolas tipo almôndegas, mas com queijo no meio, vegetais ou carne, bastante pesadas, comida de Inverno!
Pista vermelha, devagarinho mas se cair! :D

quarta-feira, março 13, 2019

Kessens

Vamos lanchar a algum lado? Claro... deixa ver o que tenho na lista... Fomos dar ao Kessens, que num sábado à tarde estava surpreendentemente disponível.
Não era almoço, mas há sempre curiosidade em experimentar, por isso dividimos 3 pratos:
- salada de couscous "pérola", com vegetais, queijo feta, rúcula, romã, grão crocante - fresco e saboroso
- folhado de ragú de vitela, cremoso e com uma boa saladinha para acompanhar
- gulodice, "french toast" de pãozinho doce, com mascarpone de lima e mel, nham nham!
Ambiente agradável e descontraído, decoração moderna e simples, "nórdica", serviço simpático e atencioso, bom para 2 dedos de conversa.
Achei piada que no menu tinha Água de Valência, algo que desconhecia antes de ter ido a Valência e nunca tinha reparado em nenhum menu...

sexta-feira, março 08, 2019

Mărțișor

Uma amiga Romena deu-me uma pulseira para celebrar o Mărțișor, tradição local para celebrar a vida, a proximidade da Primavera e também símbolo de amizade, amor, apreço e respeito.
Para além da pulseira vermelha e branca, até tive joaninha e tudo!
Deveria ter começado a usar no dia 1 e pode-se ter durante 2 semanas, mas vou manter até ao fim do mês, ou até cair... é bonito, alegre e não me incomoda.
A minha amiga diz que costuma usar até dia 8,  hoje, quando se celebra o dia da mãe e dia da mulher.
Se quiser acreditar, vou estar forte e saudável no ano que se avizinha. E deveria pendurar a pulseira numa árvore florida no fim do mês, para me tornar tão bonita como as flores durante o ano seguinte :)
Bonito!
Feliz dia da mulher!

quarta-feira, março 06, 2019

Valência – Montaña

O Montaña estava recomendado nas dicas que lemos e depois percebi que era #1 no tripadvisor… oops… vamos lá acelerar o passo… andámos bastante até lá chegar, numa zona nada interessante mas sempre se ia moendo o pequeno-almoço e ganhando espaço para os petiscos tradicionais. Tivémos sorte, chegámos pouco depois de abrir e tivemos lugar para 2, mas rapidamente se formou uma fila de pessoas lá fora com espera de 30min…
Hmmm tapas boas… pimentos padrón (um picou e os outros “nón”!), o montadito (fatia de pão com algo em cima) de bacalhau era apetitoso, umas patatas bravas em dose pequena com um molho guloso (o outro era tipo ketchup picante normal), alcachofras (em versão muito diferente da do jantar de sábado, aqui grelhadas e leves), queijo de cabra com mel de pimentos (bom, normal), as favas estufadas (com um molho óptimo para molhar o pão híper crocante) e umas sardinhas pequeninas e saborosas.

E uma txistorra (linguiça) e um montadito de morcilla de burgos. Para terminar, experimentámos o Pionono de Santa fé, pastel/bolo agradável e a sobremesa artesanal de laranja da época, cremoso e fresco. Não tínhamos muita fome mas ainda deu para experimentar muita coisa e a sra era muito simpática e ajudou nas escolhas.
A seguir fomos espreitar a praia, com um areal grande, mas uma ventania muito pouco convidativa para apreciar mais que 5min… talvez seja uma boa ideia para o Verão…
Gostámos de Valência, muito que ver, que comer e que espreitar em época de saldos J saudades de lojas e marcas que não há por Amesterdão…