quarta-feira, setembro 28, 2016

Dubai passeio no deserto

E o que fazer depois de visitar os shoppings (sem compras), o edifício mais alto, os tours do Dubai e de Abu Dhabi, já passando pela piscina de manhã?
Ah, faltava o tour do deserto! O sr dos tours de bus também arranjava as visitas ao deserto, cheias de atractivos. Depois de cerca de 1h de jipe moderno com AC e um condutor bem disposto, começamos a ver muita areia à beira da estrada, dunas no horizonte e depois muitos outros jipes da mesma empresa com outros turistas.
Um carro atolado, todos ajudam, os condutores competem entre si, fotos da praxe no deserto e lá fomos aos altos e baixos, tortos e às curvas por entre dunas. Com as músicas preferidas do condutor, era engraçado de ver, principalmente com a sorte de estar no banco da frente :) dava quase para enjoar, mas acho que se estivesse lá atrás tinha enjoado de certeza… sempre com segurança e agarrados, o motorista é cuidadoso e respeita os medos de cada um, com mais ou menos velocidade, muita perícia e destreza, o jipe sobe quase na vertical e desce com inclinação diagonal, apela à adrenalina.
Depois chegamos ao campo deles, não faço a menor ideia de como sabem o caminho por entre dunas sem indicações, podemos vestir com os fatos típicos para foto de turista, temos direito a tatuagem de hena gratuita (mas a sra fica chateada se não quisermos pagar mais para fazer uma maior... menos agradável).
Deu para experimentar uma volta pequenina de camelo árabe, ou dromedário, todos atados, com muito cuidadinho ao levantar e baixar. É muito giro e não esperava que fosse tão alto. Pena ser uma volta curta!
Depois do pôr-do-sol, um buffet saboroso com muitas carnes, saladas, lentilhas e etc da região, podia-se comer à vontade. Bebidas também incluídas, mas nem pensar terem álcool ou alguém ousar levar álcool para dentro do local, mega multa! Não faz falta nenhuma, de qualquer maneira, mas são as regras locais e não custa cumprir.

Um mini espectáculo de dança e de fogo, cumpriu-se o programa e tivemos de voltar logo para o carro sem tempo de explorar mais dentro do recinto, nem deu para um chá de menta.

Se voltar ao Dubai será antes ou depois do Ramadão, quem sabe para ver corridas de camelos, beber leite de camelo ou provar chocolate de leite de camelo… Ou tentar ver os falcões e gazelas. Mercado do peixe e o antigo. Parques temáticos doidos…
Acaba por ser uma boa alternativa a escapadela de Inverno para ter calor e piscina. E praia talvez. Mais perto que Caraíbas, com a vantagem (para quem gosta) de ter o prazer do voar no A380, dará para visitar mais algumas coisas e talvez tenha mais vida local e laboral a colorir as ruas.