segunda-feira, maio 15, 2017

Restaurante Pompstation

Jantar de colegas, uma amante de bife tártaro escolheu o restaurante Pompstation por apregoar dos melhores da cidade. Um bocadinho fora do centro, mas uma agradável surpresa na decoração interior e ambiente, e estava praticamente cheio numa 3f. Também têm concertos ao vivo de 5f a Domingo.
Veio então 1 (aliás 3) bifes tártaro, no modelo “faça você mesmo” para adequar os condimentos às preferências, e agradou a todas. Eu comi um hamburger Rossini, carne wagyu com fígado de pato, couve chucrute e maionese de trufas. As batatas eram com casca, crocantes e boas. Outra colega pediu a ribeye e também, gostou.
O serviço... uns 15mins sentadas à espera que alguém viesse com o menu até conseguirmos chamar a atenção. Os pratos não demoraram muito mas depois também foi o abandono... já sendo tarde, desistimos de pedir sobremesa e fomos até ao balcão pagar.

Acabei por não perceber sobre a “bomba”, de água? Estava uma coisa envidrada ao nosso lado e vibrava muito, na cadeira não almofadada, era até desagradável e confuso... a comida era boa, o ambiente era bom... o mau serviço chateou...