sexta-feira, maio 19, 2017

Dunkin Donuts – o desafio

E pronto, já está, foi um desafio único e juro para nunca mais!
A 1ª loja de DunkinDonuts (que eu tenha notado, mas já se estão a multiplicar) abriu no centro da cidade, pertinho de casa, ainda por cima. 3 adultos, responsáveis, talvez um bocadinho gulosos, submeteram-se a uma experiência inesquecível!
Queria um de cada se faz favor... os empregados estavam um bocado baralhados... Havia 28 donuts diferentes na loja. E uns munchkins(chocolate hazelnut, fazia lembrar nutella)... tipo os buracos do donut. Mas um parecia ser diferente dos donuts existentes, por isso também veio. Para completar as caixas, vieram 2 repetidos, por isso passou a 30 donuts.
A ideia inicial era dividir cada donut em 3 e ir provando... mas dada a quantidade, decidimos partir em 4, tarefa aliás mais fácil, e o quarto que sobrava foi sendo guardado. Achei que estávamos a ir muito depressa, mas a minha amiga disse que era melhor assim, senão não íamos conseguir comer todos...
Tive o discernimento de ter 3 “limpa-palatos”: rodelas de pepino, pedacinhos de queijo do mercado e os palitos salgados... de vez em quando sabia bem para cortar o (disparate de) doce. Ah e começamos por acompanhar com um copo de leite, que até ia bem. Depois passou a água.
Por qual começar? Não houve grande alinhamento, iamos tentando perceber qual era pelas fotos da loja, embora alguns não tivessem nome. Uns melhores que outros (simples com cobertura de limão, chocolate ou morango, côco tostado), uns disparatadamente doces [white chocolate oreo with chocolate filling, blueberry cheesecake, strawberry cheesecake, caramel fudge, chocolate cheesecake, rocky road with hazelnut filling, double stuffed with buttercreme and raspberry filling], uns “bolo” [triple chocolate cake ring], uns locais que não se devem encontrar noutros países (stroopwafel com recheio (desnecessário) de caramelo, Dutch blue), os dentes não adoraram as mil bolinhas duras do orange cookie monster e havia vários sem nome apontado na loja.
E às tantas... já cortávamos metade e dividíamos a outra metade em 3. Deixei uma dentada de um que era demasiado doce, consegui (a palermice de) comer os outros todos. Recordo com algum pesar a dificuldade dos 2 últimos...
Conseguimos, provámos todos os donuts que havia na loja! E rapidamente quis arrumar tudo, congelei 2 inteiros, várias metades e muitos quartos, lavar a loiça, pôr as caixas na reciclagem.
Que overdose!!! Falar no assunto era muito sensível, pensar em mais sobremesas, ou coisas doces, ou sequer comer mais alguma coisa durante o dia... acho que funcionou, estou curada da febre de donuts, penso não voltar tão cedo à loja, nem sequer querer ter vontade de comer mais nenhum doce nos próximos tempos. Até sou capaz de finalmente saber os que gosto mais e menos, mas prefiro não pensar nisso!

E depois fomos dar uma volta a pé pela cidade, para desmoer... seguido de um chá de gengibre dos potentes. E não jantei, pelo cálculo das calorias da app que eles tinham, foi suficiente para o dia... ainda bem que tinha ido ao ginásio de manhã, mais os 8km a pé que o telefone acusou do dia, certamente não cobriu mas ajudou. 

2 Comments:

At 8:08 da manhã, Blogger Love Adventure Happiness said...

Isso é mesmo loucura... mais valia ir indo e provando tipo alguns por semana a dividir pelos 3 (3 sabores por semana) :D

 
At 8:10 da manhã, Blogger JoanaM said...

Sim mas isso ia requerer mais coordenação entre os 3 e depois... não iamos saber comparar bem os sabores todos! memória curta... :) foi uma vez e nunca mais!

 

Enviar um comentário

<< Home