quarta-feira, março 30, 2016

RJ – Tour centro histórico p1

Ora então Pedro Álvares Cabral chegou aoBrasil em 1500, foi o que aprendemos na escola. E depois? O Rio de Janeiro vem de ser o 1º de Janeiro e supostamente uma Ria, na verdade a baía de Guanabara, termo geográfico desconhecido em alguns sítios, que passou a ser Rio. Extração de pau-brasil, cultivo de cana-de-açúcar, ouro… 1808 a corte portuguesa foge para o Brasil, depois fez parte do Reino, depois independente com o imperador D. Pedro, depois República
O Rio tem muitas atrações turísticas e passeios organizados possíveis, mas há pouca procura e conhecimento do tour do centro histórico. A empresa rio máximo tinha sido recomendada mas a reserva não correu muito bem, 2 vezes... Primeiro tentámos reservar por telefone e parecia ok, mas depois tinha de se pagar na agência no dia antes, informação mal comunicada, manhã de planos trocados. Fomos lá Domingo para pagar, esperámos que nos fossem buscar na 2f cedo e… esperámos… depois de ligar, tinham-se esquecido de nós, “erro de sistema”… Mas nós fomos de propósito à agência marcar e pagar, ontem!!! Lá convenci a sra a vir-nos buscar, mesmo tarde, e juntámo-nos ao grupo, que era só de um casal. Eles tinham começado por um sítio e nós terminámos por lá, a guia Kathia Waleria era muito simpática e não sentimos que nos apressasse o tour por causa do erro da agência.
Ora bem, começámos na zona do porto, onde na semana anterior, pelo carnaval, tinham estado uns 8 cruzeiros ao mesmo tempo. O Museu do Amanhã (projectado por Santiago de Calatrava) faz lembrar uma espinha de peixe, mas supostamente é inspirado por uma planta bromélia. Ainda na praça Mauá está o MAR, museu de arte do Rio. Os Jogos Olímpicos estão quase, as letras são alegres. Estava um calor de uns 40…
Entrámos na rua 1º de Março (antiga Rua Direita, a mais antiga do Rio e a mais importante no séc XIX) onde tem o Banco do Brasil (com o Centro Cultural do Banco do Brasil), pelo Centro Cultural dos Correios e entrámos na igreja da Candelária. Conhecia por causa da notícia associada ao homicídio de meninos de rua em 1993, embora a guia desfizesse a ideia e explicado que a história passada pelos jornais não era a verdadeira… milícias, avisos, exemplo para o bairro. E depois disso esteve tudo calmo durante uns tempos…
Na igreja da Nossa Sra da Lapa dos Mercadores, a figura da santa tinha sido atingida por uma granada e só perdeu uns dedos, aparentemente a granada não explodiu.
Esta igreja tinha balcões, como no teatro/ ópera e a guia disse que era para os políticos serem vistos e discutirem ideias, ou serem vistos, já que não tinham visibilidade para o altar...