sexta-feira, junho 30, 2017

Restaurante Salmuera

O Salmuera está na lista dos restaurantes com ceviche. E antigamente chamava-se Chow...
Já lá tinha ido 2xs “pós-jantar”, para um petisco e bebida, ou para me colar às sobremesas de amigos que lá jantaram. Desta vez tínhamos grupo grande e provámos mais coisas.
Comecámos com o pisco sour, que não está no menu mas eles fazem (com comida Peruana no menu, se não fizessem parecia mal!). E voltei a pedir (pela 3ª vez) o sumo que tem ananás, mas não me lembro do nome... Partilhámos entradas, um bocadinho de tudo, empanadas com carne e queijo, yuca, guacamole, perninhas de frango, salsichas. Depois houve ceviche clássico, quesadillas gulosas e vegetais variados grelhados no carvão.
Outro ceviche mas misto, com polvo e tudo, fresco. Quase todos pediram bifes (bastante elogiados), e um frango grelhado que estava cheio de bom aspecto, sumarento e bem grelhadinho. De acompanhamentos tivémos arroz com côco (crocante, delicioso), salada de quinoa e vegetais grelhados, e houve batatas fritas mas não provei. Para os apreciadores, há os porquinhos desnudados a grelhar durante horas, à vista de todos...
E depois de tanta comida, ninguém quis sobremesa, e eu fiquei “triste” porque tinham mudado o menu e já não tinham o pudim... há sempre o doce de leite e um cheesecake. Mas eu queria era o pudim!
O marido de uma colega é Peruano e ela ficou tão entusiasmada que voltou lá com ele 3 dias depois do nosso jantar. E ele gostou de tudo, tanto o pisco, como o ceviche, sumo de ananás e polvo grelhado, portanto tem “aprovação” de um “nativo” J

Prefiro a sala da direita por ser menos ruidosa e com mais luz, e lá em cima também tem espaço bom para grupos mas não está sempre disponível. Pode demorar mais se for um grupo grande, mas a comida é boa!