segunda-feira, abril 18, 2016

8 anos e picos – p1

Não fiz post de 8 anos de emigra (30 Jan) porque já não é novidade… celebrei na mesma em companhia autóctone, para variar. Mas já que a Maf me chamou a atenção, aqui fica o post em atraso (tinha de deixar acabar os 24 posts do Rio, fruto de apenas 1 semana de visita!).
(Madalena, o post é grande mas podes ler na mesma a ver se concordas!)


1. Já não fico em êxtase quando vejo um moinho, confere. 
2. Não me rendi ao almoço de pão com queijo e meio litro de leite! 
3. Ainda tenho cortinas. 
4. Oliebollens não são donuts, vale a pena experimentar quando é a altura deles. 
5. Leggings brancas realmente não favorecem, mas elas adoram. 

6. Os gajos gostam de usar calças coloridas, muito vermelho, isso e o gel no cabelo… 
7. Não me sai o “he-heee” local mas é muito Dutch sim.
8. Se disser lekker quando algo é bom é em tom de brincadeira. 
9. Não me apanham a comprar sprinkles de chocolate para fazer sandocha com manteiga, não senhor! 

10. Já me sai um jammer de vez em quando mas em jeito de resposta a um local. 
11. Nos aniversários mantemos a nossa tradição, não celebramos em adiantado porque dá mais jeito nem “parabenizamos” a família toda. 
12. Frikandel nem pensar… sugiro bitterballen às visitas e até croquetes, mas este não vale a pena experimentar!
13. A sirena do meio-dia da 1ª 2f do mês lembra só que é hora do almoço, já foi post há muitos anos. 
14. Não me sai nenhum hoor em conversa, coisa feia! 
15. Higiene mantém-se, lavam-se pés (bidé dava jeito), conferem-se os sapatos, mas aqui há menos cocó na rua que em PT. 

16. Verdade, tenho um stock de coisas laranjas que fazem a aparição no dia do rei.
17. A minha bike raramente leva visitas atrás, toda a gente tem bike. 
18. Ajuda a ter as pernocas exercitadas mas sem exageros. 
19. Acampava antes de vir para cá, não sigo a fila em caravana das famílias para as suas 3 semanas em França ao lado de outros Holandeses.
20. Portanto não levo bandeira.

21. Se fizer puré de batata vai com garfo, e gosto menos de grumos, embora seja sinal de batata a sério. 
22. Tenho uma máquina de raclette que herdei de uma amiga mas ainda não saiu da caixa por falta de companhia para tal iguaria, embora ainda no outro dia tenha jantado queijos com tinto, sempre bem-vindo! 
23. Já tive viagens de bicicleta muito aventurosas com items a sair por todos os lados, mas nada de chapéu-de-chuva ao mesmo tempo! 
24. Ar fresco faz bem… depois dos queijos com tinto(s) confirmou-se.

25. Digo Holanda mas devia dizer Países Baixos, embora em Inglês saia sempre The Netherlands em vez de Holland. 

26. Sai +- mas acho que a minha garganta não distingue o g do ch… 
27. Há mais para ver que Amesterdão, mas geralmente as visitas são de curta duração e não saímos de cá. 
28. Faz parte da visita passar pelas coffeeshops e red light, mas nunca é o ponto alto nem único dos roteiros. 
29. Nunca me lembro de fazer stampot nem de o pedir num restaurante, mas não é mau.
30. Não me importo de os comer, mas atirar é agressivo e pode magoar, já sofri no escritório!