terça-feira, maio 26, 2009

A tempestade, o dilúvio, o fim do mundo?


Nunca tinha assistido a tamanha tempestade como a de ontem à noite, que não me deixou dormir. Só receava que o telhado tivesse uma falhazita...

Começou cerca das 22h e acabou pelas 6 da manhã, a casa tremia com a proximidade dos trovões. Quem manda ter a cama no "sótão"? Quem disse que a chuva embala o sono?

A luz dos relâmpagos era tal que tive de pôr o "tapa-olhos" mas mesmo assim não foi suficiente, o barulho dos trovões, a chuva a bater, granizo, pedaços de árvores?, pedras?, chuva de intensidade variada, ventos zangados...

Houve acidentes, transportes afectados, foi mau... E horas antes era ver as esplanadas cheias porque estava "calor", uns 23 graus... Muito respeitinho pela natureza...
Fotos daqui.