quinta-feira, novembro 10, 2005

E se o casual friday fosse todos os dias?

Assumindo definitivamente as futilidades - sim, porque isto é um blog de duas miúdas.
Eu tenho imensa sorte quanto à roupa no trabalho. Aliás, não só posso vestir-me como quiser como não tenho de esconder que tenho 3 tatuagens - duas nas costas e uma na perna direita - que, de vez em quando, no Verão, dão um ar da sua graça.
Os meus chefes não me dizem nada, os directores até se riem. A miúda é assim, maluca, e ninguém se importa. Acho que o limite é a decência e o bom-gosto. Coisas que às vezes não abundam naquela redacção, mas enfim.
Sou incapaz de me imaginar a ter de usar tailleur, tudo cinzento e boring. Às vezes vou às compras com a Rita, que tem de vestir-se assim, e mostro-lhe um casaco. Giro, fashion e formal. Ela responde: "Não é um blazer". Eu insisto: "Ó Rita, mas é tão giro. Dá pra usar com calças e com saia, fica bem com uma camisa branca." Sem efeito. Na empresa dela só de fato.
Gosto de me poder ser descontraída, de jeans todos os dias, de calças com bolsos de lado, de tops de costas à mostra, do meu anel prateado no dedo do pé e de chocar a minha directora com as minhas unhas cor-de-rosa pink!
JH.