terça-feira, março 10, 2009

Visita do Filipe

Ainda o sofá não estava refeito de ter sido montado pelas visitas portuenses, claramente não engenheiros [que raio de ideia de o montar daquela maneira, tudo o que vem do ikea é fácil de montar! :)] e já o F vinha a caminho, vindo de Zurique.
O F trabalha no Google... as fotos oficiais são todas reais... mas como temos aquela tendência para deixar de apreciar o que é garantido e gratuito, quando é “normal” deixa de ser “espectacular”... Só adivinho o quão poderá ser difícil mudar para uma empresa “normal”!
Hei-de lá ir visitar, tal como muita gente o faz, pela curiosidade. Será de esperar um ambiente nada formal, a lembrar uma disneyland como compara o F., com muita cor, almofadas pufs, cadeiras de massagens e massagistas, há sempre gente nas mesas de snooker a qualquer hora, as copas e cozinhas têm sempre comida, sumos de fruta, iogurtes, refrigerantes, chocolates, até sushi... ninguém precisa de gastar dinheiro em pequenos-almoços, almoços, lanches, jantares... às vezes a malta magoa-se porque aterra mal do poste que vem do 2º andar para o r/c (como nos bombeiros) ou porque se decide sentar no fim do togoban que vem do 1º e alguém vem a descer e há colisão... as estruturas estranhas que parecem ovos gigantes, igloos ou carruagens de teleféricos são salas de reuniões pois claro. Se há stress, vai-se para uma banheira e fica-se a relaxar a ver os aquários de peixinhos (verdadeiros). A “lareira” da “biblioteca” é simulada, para a qualidade da imagem e som fazem-na muito real.

Como todas as visitas são diferentes, o fds não foi rotineiro apesar de alguns pontos repetidos. Houve tarte de chocolate, Van Gogh (desta vez vi melhor a expo das cores da noite), passeio de bike pelo Vondel, Red Light de dia e de noite, licores-brandys de sabores diferentes, batatas fritas com molhos novos, cafés novos (o Star Ferry debaixo do Muziekgebouw tem uma esplanada muito agradável com vista para o rio IJ, em frente à Central Station, e mesmo que esteja frio para esplanada, as janelas enormes de vidro fazem o efeito desejado, é curioso ver os barcos que passam pelo rio e tentar perceber o que transportam), os chocolatinhos que vêm na conta dos Bagels & Beans são muito bons, regresso à Casa Perú que nunca desilude (só assusta a carteira), sushi de grande qualidade no Japans Delicatessenhuis Zen (Frans Halsstraat 38), bifes argentinos, cervejas belgas no De Zotte, um bocadinho de zapping com myth busters e outras descobertas com um toque de “experimenta isto do google”!

Tenho Toblerone para os próximos meses... E apesar de alguma chuva e muito vento em partes do fds, houve muito céu azul e sol, vem Primavera que temos saudades tuas!

1 Comments:

At 9:36 da tarde, Blogger (S)He said...

ahahah... afinal não era assim tão fácil de montar... mas era confortável!

*tobogan

 

Enviar um comentário

<< Home