terça-feira, janeiro 25, 2011

RD Cbrt – Praia


A praia de Cabarete fica numa baía, com algum vento, a água não é aborrecidamente calma nem tem temperatura de “sopa”. Talvez por isso também não é transparente, muitas vezes tinha algas e folhas das palmeiras.

As fotografias são dos dias de sol, a vista não era nada má para os olhos :)

Andámos a pé até aos 2 extremos, quando esteve sol a A ficou vermelha mesmo com factor de protecção para crianças, chapéu e lenço; quando começou a chover com vento não foi muito agradável :P

Há poucos turistas em época baixa, todos os venderos ambulantes querem ganhar a vida e fazer negócio… A tentative de venda é incessante e insistente, vestem camisas oficiais, com identificação, “Eu sou o nro x, lembra-te de mim!” Os preços são negociáveis e falar espanhol ajuda. Depois de uns dias já nos conheciam e sabiam que já tínhamos feito a massagem com x, a fruta com y…

Fruta, pulseiras, colares, penteados, peças em prata, larimar (pedra azul exclusiva na ilha) ou âmbar, massagens, manicure e pedicure, actividades como andar a cavalo, excursões diversas, esculturas em madeira… é difícil ler o livro ou simplesmente descansar sem ter interrupções!

Fui “obrigada” a fazer as tranças, recusei muitas vezes até que uma rapariga disse que era só algumas para me deixarem de chatear. Vá, faz lá algumas, baratinho, que eu não quero gastar dinheiro nesta coisa. Chateava para pentear… fazia barulho nos ouvidos das missangas a tilintar… e depois para tirar… coitadinho do meu cabelo! As pontas então… nunca na vida vou fazer rasta!

Tivémos 2.5 dias de sol, o resto foi cinzento com vento e chuva, por causa do tufão “Tomas” no Haiti (parte Oeste da ilha), que foi muito mais afectado.