quarta-feira, maio 20, 2015

Cru – Santorini 2

Uma prova de vinhos, na Santo Wines. Vêem-se as vinhas pela ilha, com videiras envoltas num círculo a proteger do vento. Um branco, um tinto e um doce a lembrar um moscatel. À vontade, com umas tostas, azeitonas, tomate e queijo. Sem pressões para comprar, descontraído, agradável.
 Ora bolas, acabou-se o vinho… olha o cruzeiro lá em baixo! Dia bonito!
E depois passagem pela capital, Fira, mas com pouco tempo para passear, infelizmente. Tempo limitado para o regresso ao cruzeiro e uma fila desmesurada para o teleférico, foi pena não dar para explorar mais, incluindo souvenirs locais.
As casas têm uma construção regular pela ilhas, ou com tecto plano para recolha de água na altura da seca, ou com uma cúpula para armazenar produtos locais. Feijões, alcaparras (também em folhas), beringelas brancas, tomate cherry, pepinos, mel, figos, pistáchios. Não deu para provar ou comprar, e a economia bem precisava da constribuição do turista!
O teleférico dava uma vista bonita da ilha, descida a pique até ao porto onde o barco nos levaria ao cruzeiro.
Também dava para descer de escadas, muitas… e não seria para todos, requeria alguma preparação física. Deu para ver os burros “estacionados”, que era a 3ª alternativa desaconselhada pela guia. Eles não descem com calma e talvez não se aguentasse o equilíbrio no seu dorso…
Adeus Santorini, visita curta!