quinta-feira, janeiro 28, 2010

Dub – Comida

Durante o tour passámos por sítios com os placards na rua a anunciar irish stew. Mas quando voltámos para trás já não os vimos, talvez fosse muito tarde para almoço. Fomos parar a um indiano (depois de conseguir comer um “vindaloo” com colegas [com origens lusas no tempero em Vinha de Alhos], um “madras” é “simplesmente” picante... um dia em NY tento o “impossível!”).

No dia seguinte conseguimos o irish stew (carne guisada com batata, cenoura...) e a Shepherd’s pie (puré de batata com carne picada) no Fitzgerald’s (fotos na Gallery). Soube bem para aquecer do frio da rua.

Depois de descobrirmos que o hostel tinha cozinha, comemos noodles “pobrezinhos” com garfo. No dia seguinte fomos ao supermercado. E não é que os produtos irlandeses estão assinalados? Fica bem saber o que é nacional... E não é que tinha pêra rocha? Produto português, que orgulho! Comprámos uma embalagem, claro.

Para entrada, queijo irlandês delicioso com bolachinhas, pão de alho no forno.

Depois pizza ligeiramente bronzeada (estávamos entretidos a comer o pão de alho e não olhámos para o forno) e um empadão com peixe.

À falta do verdadeiro Baileys que não se encontrou nos supermercados, veio a versão do Tesco… e uma cartada com um jogo novo e giro!

No último dia regressámos ao Fitzgerald’s e conseguimos que nos servissem um irish breakfast à hora do almoço. Havia vários sítios que o apregoavam disponível o dia todo, mas no fundo, não custa nada fritar umas coisas e torrar pão de forma!
Versão vegetariana com hash browns e versão completa com black and white pudding (parece que aqui difere do inglês). Alimentados para o resto do dia!

2 Comments:

At 7:27 da manhã, Blogger Paulo said...

Atencao, atencao que o restaurante chama-se "Brick Lane n sei quê" mas é em NY ;)

 
At 11:04 da manhã, Anonymous Reinie said...

hmm nice English breakfast, add black pudding and you get the Scottish one, even better

 

Enviar um comentário

<< Home