quinta-feira, outubro 16, 2008

Luzes da bicicleta – obrigatório


Este Domingo ouvi um stand-up entertainer a comentar que em Amesterdão se podia fazer sexo num parque público, com uma prostituta, enquanto fumava um charro... mas que se andasse de bicicleta sem luzes levava uma multa de 50eur!
As luzes servem para ver e ser visto, e não só as bicicletas as usam, começamos a ter de as levar quando vamos correr no parque e anoitece cedo e os cães também andam iluminados.
As minhas bicicletas têm a luz de dínamo, que funciona com o pedalar, custa mais um bocadinho mas é económico e amigo do ambiente. E quando se avariou um, fui à loja e arranjou-se, ou pôs-se um novo...
Mas também tenho umas luzes pequenas para o caso de emergência, ou para emprestar, ou para correr. Custam 5eur, o conjunto.
Uma delas pifou, quis então mudar a pilha. Descobri que eram duas. Não foi fácil encontrar um sítio onde tivesse pilhas daquelas. No 1º sítio cada pilha custava 6eur. Nem pensar! Tentei no mercado e a senhora cheia de vontade de vender lá andou a ver. E eu a perguntar quanto custava... Depois de alguma discussão, paguei 6eur pelas 2 pilhas, era 3eur cada.
Como raio é possível que 2 pilhas para uma luz custem mais do que um conjunto novo de duas luzes com 4 pilhas lá dentro? Que estupidez! Pretende-se fomentar o desperdício é? Acumular plástico sem uso? Sim, porque da próxima vez que uma das luzes pifar, vou comprar um conjunto novo em vez de pilhas novas! :(

1 Comments:

At 5:46 da tarde, Anonymous André said...

espero que essas durem mais... as outras deviam ser da loja do chinês :D heheheh

 

Enviar um comentário

<< Home