segunda-feira, outubro 20, 2008

ING Amsterdam Marathon 2008

Depois de mais de 10 anos a fazer as mini-maratonas em Lisboa, tinha de dar continuidade ao desafio pessoal.
As incrições eram caras, mas a tshirt incluída era xpto daquelas de material fininho com furinhos para respirar. E a organização é diferente.

Todas as provas foram separadas. A maratona começou às 10h30 da manhã. Quando estava a chegar para a mini das 11h35, estavam a passar os da maratona numa parte do percurso. Antes de começar, reparei que 95% dos atletas tinha o chip nos ténis do lado direito, é por sermos todos dextros? E também muitos usavam os atacadores da Unicef que deram, para ajudar. Mas havia quem os usasse como bandolete ou no pulso. Eu optei por usar adicionalmente aos meus, dava muito trabalho tirar os originais...

Estava vento mas o percurso pela cidade era agradável e novidade, mais o facto de estar acompanhada por centenas de outros corredores, a prova fez-se bem. Havias várias animações como bandas de samba, de ritmos havaianos ou simplesmente populares a aplaudir e incitar. Mas também reparei que muitos levavam leitor de mp3, que ajuda a manter o ritmo.

Nos anos anteriores, pouco praticava e raramente por períodos superiores a 30mins. Mas por cá, com boa companhia e o Vondel por cenário, os “treinos” foram praticamente a nível semanal e muitas vezes próximos de 1h.
Provavelmente por isso, cumpri os 7.5km no melhor tempo de sempre!
Fiquei no lugar 1507/2269 da geral, 659/1192 das senhoras, e tanta precisão deve-se ao chip. Passavamos em tapetes com sensores que apitavam e poucas horas depois recebi um e-mail com os resultados! O primeiro lugar foi com um tempo de 24mins! E ainda vou conseguir ver fotos oficiais da corrida, que fazem para cada dorsal, mega eficiência!

Em Lisboa era tudo ao molho, por isso primeiro que se começasse a correr... e que se conseguisse correr pelo meio das famílias em passeio, não era fácil.
O tempo limite (existiam tempos limite, não há cá corredores de fds!) era de 55mins e cheguei a recear não poder entrar no estádio olímpico, mas correu bem e foi uma boa experiência, finalizar a prova no estádio em tartan é giro!

Entrada no estádio

Prestes a cortar a meta

Quando já estava na bike para ir para casa, chegaram os da maratona, uma emoção vê-los. Estranhamente, para mim, nem pareciam cansados e tinham um ritmo alucinante. Corriam há cerca de 2h e fizeram mais de 5x o meu percurso, não é certamente fácil!
Os valentes R, M e Bs cumpriram a meia-maratona a começar às 14h, com excelentes tempos de 2h08 a 2h40. Parabéns pelo objectivo alcançado! Já podem riscar da lista de objectivos pessoais, terem feito uma meia-maratona na vida!
E viva o desporto!

2 Comments:

At 7:34 da tarde, Blogger Frankie said...

Ora aqui está um post maior do que a tua prova! ;)
Para o ano quero-te connosco na meia!
Parabéns, pela tua prestação e pelo post.

 
At 10:48 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Ola Joana,
O q tenho a dizer, é em primeiro lugar dar os parabens por esse gosto pela corrida, que só quem é atleta é que entende.
Queria tb dizer que cheguei aqui por pesquisas para rever o meu resultado nesta maratona, que foi talvez aquela que maior prazer me deu correr. Pelo público, pelo tempo, pelo percurso, pela atmosfera da cidade, enfim é para ficar nas boas memórias.
Acabei fresco a sprintar no tartan do estadio Olimpico com cerca de 3.25
Este ano vou a Dublin. Faltam só 3 semanas e o stresszinho da espera já começou...
Beijinhos, João joao.a.peres@gmail.com

 

Enviar um comentário

<< Home