segunda-feira, julho 13, 2015

Waffle de Bruxelas ou de Liège?

(Pouco tenho parado em casa, trabalho mais longo, fora, aproveitar os dias de Verão, agenda cultural, o blog sofre, há dezenas de fotos para tratar e posts para preparar, hão-de chegar)

À espera do comboio de Bruxelas para regressar a Amesterdão, porque não fazer o teste do waffle?
À esquerda o waffle de Bruxelas, mais mole, mais familiar. Comia destes em pequena, na banca da senhora do extinto Pão de Açúcar no Centro Sul em Almada, com açúcar e canela, quentinhos, eram uma maravilha!
À direita o de Liège, mais robusto, meio crocante, por causa do açúcar que carameliza e lhe dá essa textura.
Acho que preciso de mais testes e parceiros de crime... O de Bruxelas, sem topping, simples, não tem muita piada. Bastava um cheirinho de qualquer coisa e seria vencedor. O de Liège, simples, é um snack óptimo, mas com chocolate e afins já fica pesadote.
Qualquer um acabado de fazer é coisa de não se recusar...

2 Comments:

At 9:35 da tarde, Blogger Mafi said...

Também comia desses gaufres na banquinha no Pão de açucar do Centro Sul! Nhami

 
At 9:26 da tarde, Blogger Tiago Tavares said...

Este post tinha-me escapado, mas vim aqui parar pelo Google, quando procurei "panquecas Pão Açúcar Almada". Parece que houve uma corrente no FB para tentar descobrir o que era feito da senhora e já está reformada. Aquilo fechou em 2002. Tb não perdia uma panqueca, era uma espécie de bónus final pela seca de ir às compras (hoje gosto, mas na altura...).

 

Enviar um comentário

<< Home