quarta-feira, junho 24, 2015

Restaurante Arlemein

Quando janto com uma amiga que mora em Haarlem, há sempre o desafio da bicicleta. Ela é mais nova e mais leve que eu, mas insiste em levar-me na bike, atrás, à Holandesa. O pior é conseguir saltar para a bicicleta em andamento, aguentar-me atrás e depois saltar para o chão antes de ela parar… aventuras, mas ainda não caímos…

Fomos experimentar o Arlemein, menu surpresa de 4 pratos. A sra sommelier sugeriu o Pinot Nero Italiano que era realmente agradável.
Começámos com uma salada com salmão, queijo de cabra, limão e ovo de codorniz. Era ok e saudável, mas nada de impressionante. Depois um gaspacho, que não fazia parte do menu de 4 pratos, com o inevitável aipo adorado pelos Holandeses.

O prato de peixe era cavala com couve branca marinada, molho de endro e lentilhas amarelas. Só percebi que não tirei foto quando preparava o post… oops! Era bom!
O prato de carne era rib eye que foi cozinhado lentamente no forno e ficou a descansar umas horas na travessa. Fatiada muito fina, com arroz de salsa, puré de cenouras, quiabos e molho béarnaise. A carne era deliciosa mas muita quantidade. Eu gosto de quiabos mas são estranhos e não agradam a todos.

Para terminar… e quando me lembrei da foto já tinha comido tudo… sorbet de ananás com molho de frutos vermelhos, ananás marinado, morango, crumble de maçã e cheesecake.

O serviço era simpático, ambiente agradável e encheu com muitas reservas. Para quem o conseguir encontrar no meio de Haarlem, de bike, é uma boa opção!