quarta-feira, junho 17, 2015

Finalmente Brasil

Um fds com sol, embora sem calor, o costume. Os 20 graus por cá são os 30 em Lisboa, faz-se a festa na mesma. Parques cheios, piqueniques e churrascos, gente de bikini a apanhar sol. Cheiro a carne grelhada… vamos ver se há picanha?
Já visitei a loja Brasileira várias vezes, mas já tinha “dado com a porta no nariz” algumas vezes quando tentei comer no restaurante.
“Aqui nóis bebe cerveja e come picanha”
Há vários sumos naturais das frutas menos comuns e mais tropicas, como açaí, cupuaçu e acerola. Fomos para a caipirinha… para o lado do forte, mas fresca e deliciosa.
Em Lisboa tinha enjoado de ir ao Chimarrão aos almoços, mas depois de muitos anos vêm as saudades e quando é difícil de encontrar…
Que boa que estava a picanha! E o arroz e o feijão e a farinha de mandioca!
A feijoada não é a minha praia, mas têm sempre.
De sobremesa, uma mousse (muito doce) de maracujá.

A senhora falava Português de PT e BR, engraçado. Simples e genuíno, barato, para preços de cá…