domingo, dezembro 06, 2009

MEX – Viagem


Bye bye NY, vamos ali à praia e já voltamos!

Manhattan vista do avião com o mega zoom da máquina da Di.

O pacote da viagem foi comprado pelo Orbitz, voos e estadia. A única coisa que estava por marcar era o transfer entre o aeroporto e o resort.
Ignorámos todos as sugestões de táxi de srs no aeroporto e fomos perguntar por transporte oficial ou pelo menos com tabela para o destino desejado. A distância entre Cancun e o resort era de cerca de 100km, pagámos uns 30eur cada uma...

Mais papéis, vistos, afinal de contas estava a sair dos EUA. Não era preciso visto para entrar no México, mas preenchi um pequeno questionário para despistagem de gripe A/H1N1/suína, que foi entregue à saída a um sr médico com bata branca.

Os pilotos da JetBlue fazem descidas muito abruptas, já há muito tempo que não me lembrava dos ouvidos tapados e do sofrimento até voltar ao normal…
Apesar de ser low-cost, todos têm televisores individuais. Para além da informação de voo, há programas temáticos e... tv em directo... Há bebidas e snacks, batatas fritas azuis, bolachinhas, escolha variada. Achei estranho a ausência do carrinho da hospedeira. Ela percorre as filas e aponta num papel os pedidos. Depois volta com um tabuleiro e meia dúzia de latas de coca-cola, copos de sumo, garrafas de água... A D. Diz que o carrinho pesa muito e assim poupam em combustível. Pois talvez... São todos muito simpáticos e despachados.
Os cerca de 100km são feitos em via rápida com muitos topes no meio, que obrigam mesmo a parar para os passar.

«A menor velocidad, maior seguridad«
“Cuide su vida, no se distraiga”

Coitado do Johnny...

Alto!

Chegámos!

Vamos ter de explorar os destinos vizinhos!