quinta-feira, dezembro 17, 2009

MEX – Bichos


Havia iguanas em todo o lado, maiores ou mais pequenas, quase sempre com ar inofensivo e observador, com pinta de dinossauro vivo.

Se tocar ela morde?...

Ovos de tartarugas!

Os peixinhos vinham ter connosco na água ainda estávamos pelos joelhos.

Com óculos de natação ou os do Xel-Há, lá íamos observá-los, à beira da praia, mais de 8 espécies diferentes num só bocadinho de praia/rocha/coral, coloridos, riscados, alongados, pequeninos, fugidios…

Como a água é muito transparente, vêem-se bem.

Mas o chato chato… eram as malditas melgas, que nos aterrorizaram! Cheguei a comentar não haver, mas ao 2o dia começaram o ataque. Não houve lembrança de repelente, mas saíamos à rua para o buffet ou restaurante cobertas em echarpes na tentative de escapar às picadas das ditas. Mas o pior eram as babas gigantes com que ficávamos e a comichão que daí vinha nos dias seguintes…

"Não coces!!!"
"Ai, já fui picada outra vez!"
"Mas da outra vez não havia!..."
Depende da época do ano, chegam com as chuvas. O After Bite foi nosso amigo!