quarta-feira, setembro 16, 2009

Basel p1

De Amesterdão chega-se a Basileia com a Easyjet em cerca de 1h numa viagem baratinha. O aeroporto “EuroAirport Basel-Mulhouse-Freiburg” pretence à França e à Suíça, tem grades a separar, as alfândegas são separadas. A Suíça já aderiu ao acordo Schengen, mas ainda mantém algum controlo e tem fronteiras terrestres.

Geograficamente, o aeroporto está em França, mas saindo para a Suíça, a estrada passa ao lado da fronteira e só dá acesso aquele país. Para França seria noutra porta e os carros não se misturam…

Achei estranho a publicidade no chão, no meio da rua . É verdade que costumamos ver o chão que pisamos, e olhamos mais para o chão do que para o céu, mas daí a colar os cartazes…


O rio Reno divide a pequena cidade em Grosse Basel e Kleine Basel, a grande “dos ricos” e a pequena “dos pobres”, onde a vida tem um custo mais barato.
Para além da Mittlere Brücke, ponte do meio, há muitas outras pontes para atravessar a pé, de tram ou carro para o outro lado.


Pelo rio há vários barcos, nomeadamente os Vogel gryff, presos a dois cabos, “basta” virar o leme e a corrente leva o barco até ao outro lado, eficiente!


Por toda a cidade há chafarizes e fontes com água potável, onde o turista pode encher a garrafa ou molhar as mangas a tentar beber água…