sexta-feira, setembro 07, 2007

Entrar e sair de HK dá direito a carimbo

Fizemos sempre “ponte” na casa da minha tia, que fica num 18º andar de um prédio habitacional em Sheung Shui.
Percorre-se um caminho labiríntico desde a estação, mas sempre protegido e nunca se apanha chuva. No fim do dia, principalmente num fds, encontram-se muitos vendedores de comida, com tachos em ebulição, massa, coisas a vapor, espécies de crepes, bolinhas de peixe, tudo e mais alguma coisa!

Entrámos a 1ª vez em Hong-Kong.
Saímos para a China por Shengzen (a fronteira abria às 6h30 e era ver os chinocas todos a correr para os guichet, surreal!).
Voltámos.
Fomos a Macau.
Voltámos.
Saímos de vez.
São muitos carimbos!
JM