terça-feira, setembro 04, 2007

Comer, muito!


Rapidamente nos habituamos a beber chá, quente, apesar do calor da rua.
Nas lojas de rua, hotéis e centros comerciais os ares condicionados estão a temperaturas ridículas, fazem uma diferença da rua abismal. Por isso é imprescindível andar com um casaco ou uma echarpe para evitar constipações. Ou pelo menos tentar atrasar, já que eu não me safei de uns dias agarrada aos lenços de papel.

Outro item fundamental é precisamente os lenços de papel. Porque eles simplesmente não usam guardanapos. Toalhetes de limpeza são muito bem vindos para lavar as mãos antes de comer.
Para os que não conseguem mesmo comer com pauzinhos, como era o caso do meu cunhado, tem de se pedir um garfo, ou então andar com um de plástico. Existem aquelas colheres chinesas, pequenas, que também ajudam.

Rapidamente nos habituamos a comer com os ditos, é fácil!
O arroz come-se na tigela, pelo que a tarefa de apanhar os bagos é muito facilitada.
Em cada refeição há sempre muitos e variados pratos. Confesso que sou adepta, às vezes faz-me confusão/ chateia ter o prato cheio da mesma comida. Yum cha é sempre uma boa opção!
Não faltou o pato à Pequim!

E é terrivelmente barato comer na China. Mais que uma vez pagámos cerca de 12 ou 13 euros por uma refeição para 5 pessoas, ou seja, não chega a 3eur por cabeça.

Em Hong-Kong fomos ao Mac Donalds, aquele restaurante onde só quase vamos quando estamos fora. Um menu big tasty + menu big mac + cone gelado = 5eur. Pelo valor de um menu do McD também se avalia o nível de vida. E se eles ganham mais que nós e gastam menos nos bens essenciais… vivem em melhores condições!
JM

1 Comments:

At 6:30 da tarde, Blogger Nuno said...

Espectaculo!!

 

Enviar um comentário

<< Home