quarta-feira, dezembro 14, 2005

Ler

Adoro ler, adoro livros, não resisto às feiras do livro e compro-os mesmo sabendo que não os vou poder ler brevemente. A pilha de livros não lidos raramente decresce e continuo a comprar e a gostar de os receber.
Adquiri um hábito há uns anos de marcar a data do fim da leitura, para mais tarde recordar. Às vezes isso ajuda a saber que já li um livro, quando são aqueles pequenos de contos ou que não me marcaram muito a ponto de me esquecer que o tinha lido. Também é giro para saber que o acabei de ler a horas tardias ou em locais diversos como o comboio, a cama, em férias no estrangeiro!
Não é uma actividade muito social mas dá muito gozo seguir a história do personagem, da narrativa quenos embrulha, do herói que se safa, aprender como se fazem outras coisas, como se viveu noutros tempos...
Por causa do Destak e do Metro tenho lido menos nos transportes. Os jornais são gratuitos e informam minimamente dos acontecimentos do mundo. Não prescindo dessa fonte porque a trabalhar nos meus horários não me deixa muito tempo para ver tv nem ouvir rádio. E gosto de estar informada. E de fazer as diferenças, o sudoku e as palavras cruzadas quando estou à espera do comboio.
E quando se acaba um livro (foi o caso de ontem, "Sul" em versão ilustrada) gozo de um pequeno período de luto, de respeito pelo fim de uma leitura e aguardo o início de outra. Depois vem a dúvida. Qual vou escolher agora? Alterno entre livros em português e em inglês, de narrativa completa e de contos. Os contos são mais fáceis de ler quando não se tem tempo e são mais leves de transportar. Mas por isso não prendem a atenção e não imploram por saber como se desenrola o capítulo seguinte. Ando para ler um dos Harry Potter há muito, mas o livro é tão grande que pensar em levá-lo comigo todos os dias... E depois das novidades como Harry Potters e Códigos Da Vinci e &, há os autores preferidos, os temas e os clássicos. A lista é infindável.
Mas já está decidido, quando me reformar vou passar os dias a ler. E a escrever se me der para isso.
JM

2 Comments:

At 10:58 da tarde, Anonymous R!tA said...

Concordo inteiramente ctg, aquilo que mtas vezes me faz ansiar pela férias é a oportunidade de poder ler tudo aquilo que tenho em atraso!

 
At 12:03 da manhã, Blogger Mafi said...

Eu adiro ao clube... mas vou mais longe: tenho um livro na cabeceira para ler na cama e outro para os transportes! A lógica da escolha de leitura para cada um deles é o tamanho dos livros, excepto quando nos pomos a ler o Codex 632 do José Rodrigues dos Santos e levamos um "pequeno" livro de 600 pags para Lisboa...

 

Enviar um comentário

<< Home