terça-feira, novembro 19, 2013

High tea Amstel

Na semana seguinte ao mega jantar, arranjei companhia para experimentar o também famoso high-tea do Amstel, desta vez na sala com vista para o rio (Amstel). Reservar no dia anterior era ambicioso... o sr disse que só havia às 12h. Mas da 2° vez que liguei, já havia às 16h... No dia a sra não encontrou o meu nome na lista mas levou-nos a uma mesa. Vi-os a colocar mesa extra para outras pessoas. Mas depois também sabiam que eu não comia porquinho e o que veio para a mesa estava já adaptado, por isso a reserva existia de alguma maneira.
2 semanas depois e sem menu disponível, vale (o que resta d)a memória.

São 4 chás, com descrição de 2 ou 3 frases (folhas colhidas à mão, região, processo de secagem...) cada vez que a sra vem servir, que vão com os vários elementos do lanche, com direito a repetição, é muita chávena... Mas não há pressa, é para uma tarde de conversa entre amigas, com calma J
Na mesa já estavam 2 miniaturas de pastelaria, mais um copinho com chocolate/caramelo e bolacha crocante.
No tabuleiro de vários andares tínhamos (de cima para baixo), salada com mozzarela, mini pão com chouriço ou vegetariano com legumes grelhados. Mini... muffins e pudins? Não sei o nome destas pastelarias finas. “Mousse” de chocolate em “cama” de bolacha (fica bonito dizer assim), bolacha... pois não sei... mas era tudo bom!
Scones, simples e de canela, para ir com lemon curd, doce de frutos vermelhos e “clotted cream”.
Dentro do pão gigante, estavam sandes com salmão e fiambre ou queijo tipo philadelphia.
Nos salgados e quentes, um croquete Holandês, mas melhor do que qualquer outro comido antes, uma espetadinha de frango, quiche com bacon.
Lanche ajantarado, óptima tarde com bolinhos deliciosos e boa disposição  (depois choveu granizo de tal forma que achei que ia furar o meu chapéu de chuva!). Novamente o balanço qualidade preço que vale a visita, adorei!