quarta-feira, julho 31, 2013

LV Bellagio

Depois de conseguir comer, fomos ao Bellagio levantar os bilhetes para o Cirque du Soleil, espectáculo “O”. É muito fácil perdermo-nos dentro dos hotéis, todos enormes, iluminação falsa, escuros na zona dos jogos, imensas salas e corredores compridos, muita gente... como se sai para a rua??
Conseguimos voltar para o Trump, parece perto mas anda-se muito... cada hotel é mais que um quarteirão... Uma visita rápida à piscina e quase a correr para voltar ao Bellagio, a tempo do show, espectacular como esperado. O “O” não faz tour pelo mundo, tem o palco especial montado aqui, com a piscina muito funda, cuja forma e profundidade vai mudando quase sem darmos conta. Muitos artistas profissionais, trapezias, danças e ginásticas fora do comum, impressionantes e muito arriscadas. Os bilhetes são muito caros mas esgota sempre, tem de se comprar com muita antecedência.
E a seguir... as fontes de água ao som das músicas! E que melhor música para começar senão esta? Mesmo apropriado!
É giro, divertido, simples (quer dizer, tudo mecanizado e sincronizado mas sem demasiada produção). Muda de música a cada 15min, por isso dá para arranjar lugar, esperar pela seguinte... Bonito!