quinta-feira, fevereiro 03, 2011

RD Cbrt – Escola


Mar agitado, bandeira vermelha, o que se faz?... Já vimos as lojas todas, não queremos comprar mais cacau nem café…
Tínhamos conhecido o sr pintor Michel-Angelo no dia anterior, estava a mudar a pintura do buffet, autor deste quadro dos peixinhos que adoramos.

Contou-nos que era professor e tentámos contactá-lo para visitar a escola, com miúdos órfãos, uns portadores de HIV, alguns cuja única refeição do dia vem de lá.

Trocámos mais dinheiro e fomos ao supermecado com os professores, comprámos arroz, feijão, molho de tomate, caldos knorr. Também uns biscoitos e sumo refrigerante (tem sais minerais).

Lá fomos de guagua e depois motoconcho, ficava no meio do nada…
De repente a escolar encheu-se de miúdos, era Domingo! Todos sorridentes e a querer brincar connosco, a mexer no cabelo, agarrar a mão, querer fazer aqueles jogos de mãos/bater de palmas. E também quase à batatada porque nós as 2 não chegávamos para todos e todos queriam a nossa atenção, agora eu, e eu, e eu!

Comeram biscoitos e beberam sumo.
Vimos as salas, a cozinha, a wc muito precária, o sítio da comida com reserva vazia…
Ensinam um pouco de tudo, educam como se pode.

Ficámos com pena de não ter sabido mais cedo, podíamos ter ajudado mais, monetariamente ou também noutras tarefas, ensinar ou brincar com eles, houve muitos dias cinzentos em que tinhamos disponibilidade para isso. Fica para a próxima…

Mais informações no site.
Boa sorte!

2 Comments:

At 9:35 da manhã, Anonymous J. Pedro said...

Olá Joana.

Que linda essa vossa acção. Certamente um dia bem passado e que te irá ficar na vossa memoria por muito tempo. Adorei ler este post.
Custa saber das dificuldades que muitas crianças passam, de bens e de condições tão essenciais para o seu crescimento mas com um pequeno gesto, mas grande, vosso fez essas crianças sorrirem.

Um beijo grande.

J. Pedro

 
At 5:55 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Muito interessante! Também gostei muito do post. às vezes pequenos gestos fazem uma grande diferença e é tão bom dar!


beijinhos,

Diana Del

 

Enviar um comentário

<< Home