quarta-feira, novembro 05, 2008

Museum Night

Todos os anos em Amesterdão há uma noite dedicada aos museus. Com um bilhete único, tem-se entrada em 41 museus das 19h às 2 da manhã. Para além das exposições, há sempre actividades diversas de música, pintura, artes plásticas, fotografia, culinária... concertos e bares ajudam ao bom ambiente.

Os transportes são gratuitos e ainda se tem direito a visitar um dos museus em dia normal até ao fim do ano. Mas quem tem bicicleta não precisa de transportes... e gera-se o caos no estacionamento à porta dos museus, bem como filas de espera para entrar...
Começámos pelo FOAM, que já conhecia, mas cujas exposições de fotografia mudam sempre. Podia-se tirar fotografias, fazer colagens e desenhos em quadro a giz.
Depois o Hermitage, que é 1/100 do homónimo em S. Petersburgo, que visitei no Verão. Podia-se pintar com vários materiais numa espécie de workshop.

Passagem pelo AH para comprar jantar... de “sobremesa” as bolachinhas que eles adoram e que o Sinter Klas (Saint Nicolaas) vai espalhar pelas ruas quando for o desfile anual, que precede o Natal e é bem mais importante para eles. Nem é suposto iniciarem quaisquer festejos ou enfeites de Natal antes do Sinter Klas chegar! “O pai natal original é da Holanda!”

Depois a sinagoga portuguesa, construída com dinheiro de judeus portugueses. Gira e diferente, iluminada apenas com velas, com uns senhores a cantar e parecia Natal.



Depois o museu de história judeu, muito interessante, nada triste e cheio de curiosidades da época, documentários, objectos, fotografias e explicações.
Cigarettes

O HEMA de antigamente


E ainda a casa do Rembrant, também gira, com quadros e muitas gravuras originais do artista. Com música cheia de ritmo e um bar muito barato!

A companhia foi mudando, consoante gostos de cada um e cansaço acumulado de um sábado comprido. Uma noite de muita cultura numa iniciativa a seguir!