terça-feira, outubro 07, 2014

Café Papeneiland

Um café de esquina sempre cheio de gente à porta, típico Dutch, “bar castanho” Papeneiland. Este data de 1642, já lá vão uns anos a servir cerveja aos locais. Decoração engraçada com muitas peças antigas, nas paredes e tecto.
O que atraiu a visita foi a tarte de maçã, anunciada como muito boa. Faz concorrência à da Winkel, que costuma ser conhecida por ser “a melhor”, a 5min de distância desta. Mas gostei mais desta! Uma dose enorme de chantilly, que costuma acompanhar as tartes neste país, e que acham estranho se recusamos. Por acaso era bom, parecia caseiro, fofinho e não demasiado doce como os das latas. Muita maçã e algumas passas. E a fatia em si dava luta para acabar. O preço é compatível, mais cara do que na Winkel (por acaso nunca fiz post mas já lá comi algumas vezes) mas também maior quantidade.

E a curiosidade do café é que o sr William Jefferson Clinton (aka Bill) esteve lá de visita e a comer a dita tarte. Com direito a fotos, artigos de jornal e uma carta enviada por ele a agradecer o acolhimento aquando da sua visita. Giro!