segunda-feira, abril 18, 2011

GC – Praia e dunas


Depois do 1º pequeno-almoço, fomos a pé para a praia de Maspalomas. Dunas, enormes, areia macia. A maior parte das dunas pertence a uma reserva natural especial, protegida.


Algumas zonas da praia têm pedras (foi uma tempestade que as trouxe) e torna penoso ir ao banho, rolam para os pés com as ondas! Noutras zonas é mesmo só areia (já disse que era macia?...).

Depois de caminhar bastante, chega-se à zona de nudistas. Que nunca mais acaba… Muitos nudistas vimos nós… muitos reformados, alguns jovens, gordos, esqueléticos, casais, na conversa de pé, a jogar vólei… Andávamos e andávamos, são quase 7km de dunas, e os nudistas continuavam…
Lá conseguimos chegar a terra firme, cansadas… apanhámos um táxi de volta ao hotel, ainda a tempo do almoço.

Muito gosta muita gente de torrar ao sol, ficar vermelho que nem um pimento, escaldões sérios e preocupantes. Põem óleo, ficam castanhos… que impressão ficar o dia inteiro ao sol!

Noutro dia fomos de bus até à praia do Inglês, a outra ponta das dunas. Zona mais turística, mais Algarve, muitos apartamentos e hotéis, restaurantes, bares e discotecas.
Os buses são estranhos, uns só de manhã, outros ao fim do dia, a maioria só de hora a hora e não é fácil perceber se vai para o sítio que queremos ou não. Também não cumprem os horários que estão nas paragens, mas são baratos e os motoristas ajudavam.

Não há chapéu de sol? Ficamos na sombra do placard informativo…

Uma tarde fomos também aventurar em autocarros até um centro comercial, com pouca gente e lojas espanholas, que saudades! Os preços originais, as marcas familiares, muitas flores nos padrões de Primavera!
E um Carrefour, supermercado com variedade… pena não poder fazer as compras semanais aqui! Até encontrámos um Marks & Spencer, vamos levar Lemon Curd!