sábado, abril 09, 2011

Em adaptação...

Depois de uma semana de descanso na GC = Gran Canaria (posts ainda não preparados), comecei um emprego novo, na GC. Requer adaptação, percurso diário diferente, transportes públicos com horários por descobrir, pessoas novas, regras diferentes. 6f tive finalmente estação de trabalho e recebi o meu 1o BB. E agora?...


Desde que comprei o portátil em PT que ainda me estou a habituar ao windows e office em português, os atalhos do teclado são todos diferentes, enfim... adaptações. Matenho o tm português porque a família e amigos liga e envia sms. Tenho um tm de cá, o meu 1o Nokia (de todos os meus telemóveis, desde há 14 anos, nunca nenhum foi Nokia). O ipod é touch, dá um jeitaço para ler emails, aceder à internet, ligar à família com o skype quando se está em viagem, etc. É muito precioso quando se está doente de cama e sempre dá para ver uns filmes no avião, para além de me dar música enquanto marca os meus kms e tempo de corrida (em preparação para a Meia-maratona). E agora o BB... que não é touch, tem uma tecla para cada letra (até agora escrevo sms "de olhos fechados" porque os meus dedos já sabem quantas vezes têm de carregar em cada tecla para chegar à letra desejada).

Vamos lá adaptar... Ainda não sei se vou andar com 3 telemóveis na mala, mas ir correr para o parque com o BB da empresa também não parece bem...

Os colegas são simpáticos e o ambiente parece ser bom, o negócio é interessante e corre bem. Tenho de formatar a cabeça dos termos de telecomunicações dos últimos 5 anos. Agora é economia e finanças, EBITDA, gross margin, ...

Até agora a única coisa má é que a cantina não tem refeição, nem sequer há micro-ondas para aquecer comida de casa ou do supermercado. Ah e tal cheira mal e depois as pessoas não limpam... Se for peixe ou caril... há um odor que pode não agradar a todos... mas não conheço outra empresa que tenha essa regra... :( ainda estou a tentar que considerem colocar o aparelho na cantina em vez de nas copas de cada andar.

Enquanto estava a falar com o sr responsável, vira-se uma colega Holandesa e pergunta... MAS PORQUÊ, NÃO COMES PÃO? $%&#"* (inspira... expira...) Era a 1a semana, não lhe ia responder mal, mas pelo menos disse que comia pão, claro, mas não todos os dias ao almoço! Apesar de haver mais de 50 (? ouvi dizer) nacionalidades na empresa, eles não conseguem entender que haja pessoas que prefiram variar a alimentação, em vez de comer sandes todos os dias, geralmente com queijo, acompanhado do meio litro de leite... isso como eu ao pequeno-almoço e alterno com cereais ou outras opções. Preciso de comer o mesmo ao almoço? Todos os dias a mesma coisa??? Irra, que são chatos.


Corri ("bicicletei") hoje a cidade toda, lojas de artigos de campismo, grandes lojas de tudo... termos para chá/café, encontra-se, mas para comida... Lá encontrei a "marmita", na Chinatown, claro... Agora posso levar comida, aqueço em casa, deve aguentar +- até ao almoço... No Verão posso levar saladas ou arroz frio e tal... sim safo-me. Mas no Inverno vou querer uma coisa quente (nesta tigela a parecida com a do cão), está bem?

Adaptações... (faz bem, para praticar o cérebro e retardar o Alzheimer...)