sexta-feira, dezembro 30, 2016

Termina 2016, venha 2017!

E... já estamos no fim do ano, foi rápido! Mais trabalho, períodos intensos de auditorias duplas e projectos simultâneos, ainda assim com oportunidade para novas viagens. Não consegui terminar (nem começar) os posts da última viagem de 2016, mas chegarão.
Janeiro: consegui um mergulhito de ano novo, ainda que numa praia “falsa”, voei num túnel de vento, visitei o museu d’Orsay e Rodin em Paris.
Fevereiro: Voltei ao Rio de Janeiro, apanhei um solinho e visitei novos lugares em óptima companhia. Estreei-me como dadora de sangue local.
Março: visita a PT e à quinta do Esporão, roadtrip a Koblenz, Trier e Luxemburgo para visitar monumentos Romanos e belezas da natureza.
Abril: o 1º casamento de Holandeses, visita das Sofias, auditoria na Alemanha.
Maio: Visitei os patecos pela última vez na côte antes de terem voltado para PT, John Cleese em std-up comedy e Mumford and Sons em concerto, auditoria em França.
Junho: Visita ao médio oriente, Dubai em pleno ramadão, com calorzinho. Auditoria em S. Petersburgo e concerto dos Coldplay.
Julho: Bruxelas, europeus de Atletismo (ver, não participar), Portugal campeão Europeu! Visita da mana, mudança de casa.
Agosto: visita da Poppy e férias de Verão, mais calor! E nunca é suficiente (estiveram -7 hoje, brrrr)
Setembro: provei a bola de Den Bosch, meh...
Outubro: visita dos pais e da prima
Novembro: auditoria em Paris e viagem a Portland (posts em falta)
Dezembro: auditoria em Bruxelas e Natal, foi tão curto!! Mas consegui não receber meias, collants, cachecóis ou echarpes, um feito histórico! Tenho para dar e vender, tanto em PT como aqui...
E mantiveram-se os cinemas, teatros, musicais, restaurantes, ginásio, concertos... e mais importante, saúde, amizades e proximidade familiar. 

Para 2017 não há resoluções mas há 2 desafios...
Ler um livro de contos em Holandês, escrito por um conhecido, que encontrou inspiração no Desassossego de Fernando Pessoa e um dos contos é “passado” em Lisboa. "thanks Pessoa"!
Sobreviver a uma prova de mud masters de 12km, com lama, água, pirâmides para trepar, redes para subir... como se fosse uns jogos sem fronteiras, mas assim agreste... entre colegas, seremos 25 senhores e 12 senhoras, por isso acho que posso contar com a ajuda de 2 cavalheiros, se for preciso... até lá menos de 4 meses de treino, mas poderei riscar esta prova da bucket list!
Ainda nada planeado de viagens mas já tenho bilhetes para 2 concertos e uma peça de teatro com o Jude Law :D
O blog irá continuar, para que o Português não se enferruje e fiquem registados os momentos marcantes para a posteridade.
2017, que surpresas?