quarta-feira, dezembro 16, 2015

Restaurante Miss Saigon

Sai o último groupon do ano!
Miss Saigon, Vietnamita, 5 pratos. Estava cheia de fome e não começou muito bem, o 1º só veio meia hora depois e na meia hora seguinte nada... depois foi mais rápido...
Começamos com os típicos crepes em massa de arroz, com a particularidade de ser “do-it-yourself”. O que quer dizer rolos pouco cilíndricos e a atirar para o desajeitados, mas igualmente saborosos... a caixa dos crepes era gira, um sítio com água morna para os rodar e molhar, depois ficam meio colados ao prato quando se tenta enrolar... o sr explicou, folha de alface, folhas de coentros e menta, noodles, cenoura, pepino e frango. No primeiro adicionei o molho ao crepe já enrolado. No 2º crepe, pus o molho em cima dos ingredientes antes de enrolar, fica igualmente bom!
Depois uns pedaços de peixe panados em espetada, fresco e a ferver ao mesmo tempo, crocantes e saborosos.
Segue-se uma salada com lótus e camarões, leve e agradável.
Para o prato principal, depois de 3 entradas, podia-se escolher entre a típica sopa de noodles de arroz com vitela fininha crua (coze logo no caldo a ferver), com rebentos de soja, mais coentros e menta; e uns noodles com fatias de porco, crepes vegetarianos e molho de lima. Veio um de cada. A sopa é sempre boa mas não muito fácil de comer entre a colher asiática e os pauzinhos, embora facilite quando são de madeira para a massa escorregar menos...
De sobremesa, também se podia escolher entre duas e vieram ambas para a degustação. Sobremesas asiáticas são sempre diferentes das ocidentais... pudim de tapioca e leite de côco, quente, com banana e amendoins. Muito bom, mas o aspecto verde e a temperatura são de estranhar... e duas bolas de gelado... de sésamo? Com chocolate líquido por cima. Come-se tudo :D
Havia vários groupons no restaurante, mais uns srs asiáticos e outros locais em grupo. Não estava cheio mas dava para perceber que os 2 cozinheiros estavam atrapalhados. Simpáticos e honestos, não desilude.

Do outro lado da rua descobri outro Peruviano. A lista de restaurantes a experimentar nunca se esgota J