quinta-feira, novembro 06, 2014

Bath – Mix

Depois do museu, havia pouco tempo para calcorrear a cidade, que embora pequena tem um encanto enorme e tive pena de não ter mais tempo para a descobrir.
O top 10 passa pela abadia, que estava fechada, logo ao lado dos banhos romanos.
Na hora de petiscar, sem tempo para chá, fomos buscar um pãozinho doce (tipo pão de leite) gigante na loja da Sally Lunn, numa das casas mais antigas da cidade (séc XV). Comemos sem doce nem salgado, simples e bom.
Seguimos a ver a ponte Pulteney sobre o rio Avon, com uma rua por cima e lojas dos dois lados, esquece-se que é uma ponte.
Avista-se a igreja de St Michael; passa-se pelo hospital de doenças reumáticas, mais uma utilização das águas termais/minerais.
Chega-se ao teatro real, com mais de 200 anos.
Visitei a Paxton& Whitfield para levar uns queijos da região, nomeadamente um Dram. Cheddar ficava perto mas não deu tempo de visitar.
Fãs da JaneAusten podem visitar o museu que retrata a vivência da escritora em Bath no séc XIX.
Depois de subir a Gay Street chega-se ao Circus, arquitectura Georgiana e logo a seguir o RoyalCrescent, com um espaço verde enorme, flores e parque para caminhar.

Mas teve de ser o fim da visita e regressar ao carro para um último ponto turístico antes do regresso ao aeroporto.

1 Comments:

At 7:33 da tarde, Blogger Presépio no Canal said...

Um dia, gostava muito de visitar esta cidade.

 

Enviar um comentário

<< Home