sexta-feira, outubro 23, 2009

NYC rev – Alojamento

Numa cidade com tanta oferta pode ser difícil escolher onde ficar. Sabe-se que se vai passar a maior parte do dia na rua a passear, mas dá jeito ter pequeno-almoço ou poder poupar nessa despesa. Pretende-se um sítio central mas também sossegado para descansar.
Andei dias, semanas, a pesquisar no bookings, expedia, sites das companhias aéreas, hotéis, hostels, apartamentos… Tinham-me recomendado sites de apartamentos, mas pelo preço ou pela indisponibilidade, não se concretizou a reserva.
Finalmente descobri o Feel NYC, que também tem apartamentos em Paris e Barcelona. Não encontrei muitas referências fora do site que me pudessem garantir a fiabilidade, apenas notas positivas, mas também não encontrei queixas que me fizessem recuar. E perante o preço convidativo e a localização desejada… avançámos. Paguei um sinal pelo sistema Paypal, mesmo não tendo conta, paguei com cartão de crédito. O restante valor foi pago em dinheiro no check-in mais um depósito que foi devolvido no check-out. Tinha contactos do dono, da empregada e de um amigo. Correu tudo muito bem.
As fotos do site correspondem exactamente ao apartamento. O computador estava sempre ligado, foi muito útil para comunicar com a família, skype incluído, podia fazer chamadas para a cidade. Só liguei a TV um dia para ver o que tinha, nunca usámos o dvd ou aparelhagem. A estante estava cheia de livros interessantes da cidade, guias, e também de outros países, e temas diversos. Não usámos a sala para refeições, só tomamos o pequeno almoço em casa, usámos o frigorífico e o micro-ondas. Tinha toalhas e roupa de cama, aquecimento, AC, até chapéus de chuva.
Excelente localização, tinha visto a fachada do prédio no google maps com o street view. Supermercado completo na esquina, para além do Dunkin Donuts aberto 24h, onde parámos assim que saímos de casa… ai a gula! Em preparação para o Halloween, veio um donut de abóbora!

Ainda bem que o meu voo com a NW-DL correu bem, aparentemente os pilotos não adormeceram, não voaram mais do que o destino nem aterraram no taxiway em vez de na pista…