sexta-feira, março 10, 2006

Pérolas

Num comunicado do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) sobre acções de fiscalização a casas de alterne, hoje enviado à agência Lusa:

"O SEF fiscalizou também um estabelecimento de diversão nocturna na zona de São João da Madeira, cuja entidade empregadora será alvo de procedimento contra-ordenacional, por terem sido identificadas a trabalhar quatro cidadãs estrangeiras não estando habilitadas para o efeito".

JH