sexta-feira, dezembro 31, 2010

Istb - Pequena Aya Sofia


Andámos às voltas à procura da mesquita Aya Sofia pequena, mapas não muito detalhados, conseguimos!

Bem gira, pequenina, muito acolhedora e arranjadinha.

Depois de um dia de chuva, estávamos sozinhas, sentámo-nos no chão, alcatifado, a descansar e apreciar.

O filme:
video

Feliz ano novo de 2011 para todos, boas entradas!

quinta-feira, dezembro 30, 2010

Istb - Mesquita Azul

Fomos visitar a mesquita a uma 6f, que é o dia “mais religioso”, ou seja, o serviço, a reza do meio do dia, demorava mais e foi nessa altura que chegámos… esperámos, esperámos, demos umas voltas… quando decidimos ir para a porta de entrada estava uma fila enorme, ora bolas, e nós a empatar tempo na rua!

Vista do dia chuvoso e do dia com sol.

Uma das entradas a partir da rua e pátio interior.

Entrada para o edifício.

Vista do tecto interior, fantástico.

No chão, a alcatifa com as listas a separar, virados para Meca, claro. Apesar de se ver muitos srs e sras a lavar os pés antes de entrar, depois da reza de horas, cheirava a chulé qb… :(

video
Filme cheio de “grão” do interior, azul!

quarta-feira, dezembro 29, 2010

Simpatia holandesa

Paragem de tram, frio, neve, escuro.
2 raparigas japonesas perguntam a um casal de holandeses se é ali que se apanha o tram para a estação central.
Sim sr, podem apanhar o tram 2 ou 5!
Que simpático o sr, pensei eu... é que às vezes nem respondem...
...
O sr holandês conversa com a sra.
Uma das raparigas abre a carteira, cai uma moeda para o chão.
O sr baixa-se para apanhar.
Elas ficam a olhar, carteira aberta.
O sr continua a falar com a sra, põe a moeda ao bolso, sem nunca olhar para as raparigas.
Elas ficam incrédulas a olhar para ele.
...
...
Que rude!

terça-feira, dezembro 28, 2010

Istb - Restaurante Haci Abdullah

O Haci Abdullah também era recomendado, passámos lá a reservar o jantar enquanto passeávamos.
150 pratos à escolha, um livrinho/guia à entrada contém algumas receitas, comentários de gente famosa que lá comeu e críticas da imprensa.

Mais beringela no forno de 2s maneiras, enrolados de folha de videira (obg A!) com combinações diversas.

Almôndegas gigantes fatiadas, muito saborosas.

Sobremesa, acho que era meio leite-creme e depois… um monte de frutas, com banana, marmelo, romã, ameixas, pistáchio em bocadinhos e um xarope/molho doce… era difícil comer tudo mesmo a dividir por 8!

segunda-feira, dezembro 27, 2010

Istb – Restaurante desconhecido


Já não sei o nome deste restaurante, foi o que conseguimos num sábado à noite com 8 pessoas sem marcação. Os srs dos instrumentos até tinham algo de curioso, mas depois de 5mins já gostávamos que eles fossem tocar para outro lado ou baixassem o volume :(

Enrolados de folha de… couve, acho, com arroz e vegetais no interior, às vezes também carne picada.

Prato com borrego no forno e mais enrolados com vegetais diversos, molho de tomate e molho branco, tipo “sour cream”, não sei a tradução, não são natas enjoativas, é bom.
Ele usam muito tomate na cozinha, no mercado turco é ver as sras a levar sacos e sacos de kilos de tomates. Começam logo o dia com tomates ao pequeno almoço também…

Raki, a bebida alcoólica de eleição daqueles lados, sabor a anis, bebe-se com água, diluído e gelo.

quinta-feira, dezembro 23, 2010

Istb – Restaurante do fígado


O primeiro jantar foi neste restaurante, Canim Cigerim Ilham Usta (my soul, my liver), sugerido pela amiga turca da A. Quase não se lhe pode chamar restaurante, um pronto-a-comer, sem menu, com algumas opções, pessoal muito simpático e disponível.

Vêm para a mesa pratos com menta fresca, salsa em abundância, folhas gigantes de rúcula, tomate picado, pimentos e tomate grelhado, fatias fininhas de rabanete cru, cebola crua.
A especialidade da casa é fígado, espetadinhas de iscas! Também havia de frango ou vaca, todas com um sabor muito bom, do grelhado/churrasco no carvão. Umas folhas de crepe fininhas, com a qual se devia tirar a carne do espeto (demorámos a perceber como se devia fazer), depois juntavam-se a gosto as salsas e molhos e comia-se, bem bom!

No fim vêm os copinhos típicos de chá... tão amargo que tive de juntar um pouco de açúcar.

E toalhetes para limpar as mãos e pastilhas de melancia... rebolámos de cheios à saída!

Boas Festas, Feliz Natal!

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Istb - Bazar das especiarias


Também chamado de bazar egípcio, um colorido de especiarias, moinhos de pimenta, chás, chávenas de chá (os turcos estão sempre a beber chá, escuro, não é uma maravilha).

Mel, frutos secos, figos, turkish delight (lokum), cubinhos muito doces com côco ou pistáchio, com aromas muito variados como rosa, chocolate, noz, amêndoa ou amendoim.

Algum assédio por parte dos vendedores, vem ver a minha banca, olá de onde vens?, tenho bons preços! tenho coisas bonitas para ti!

Os preços são todos para negociar, com paciência... E afinal estava aberto ao Domingo!

terça-feira, dezembro 21, 2010

Istb - Comida de rua III


Chouriços? Não, são nozes empilhadas e envolvidas numa espécie de goma de melaço, aborrachada, mas sem ser demasiado doce. Um snack bom para mastigar na rua, depois de conseguir arrancar um pedaço à dentada, já que com as mãos não era tarefa fácil.

Loja com especiarias, chás, frutos cristalizados... e legumes secos ao sol, pendurados em "colares" gigantes, que depois se usam para cozinhar.

Sai um Doner? Bom e barato! Há uns montes de carne empilhada que rodam no espeto e há outros que parecem um aglomerado de carne (com aspecto altamente processado).

Bolacha "wafer", grande... maior que a minha mão aberta. Muito leve no preço, na dentada e no sabor.

Os guias diziam para não arriscar estas caixas de vidro aberto na rua, com arroz, grão e peito de galinha cozido... não parecia mal, cozido... ao sol ou sem frigorífico fica assim tão mau? Não experimentámos, não calhou...

Os famosos mexilhões recheados com arroz... sumo de limão por cima... Também dizia nos guias que era perigoso, por isso fomos de propósito ao sítio recomendado onde seria seguro comer. Come-se bem... mas não foi assim espectacular, é um mini arroz mariscado...

segunda-feira, dezembro 20, 2010

Istb - Comida de rua II


Se os nossos doces são muito doces, os turcos não ficam atrás... baklava é um belo exemplo... pistáchio por cima, pode ser de cacau no interior, branco, amarelo... gorduroso por fora... dulcíssimo por dentro!

Kumpir, mega batatas com a sua casca, muitos "toppings" por cima, mas não provámos.

Montra de restaurante... ao que eu cheguei... mas os olhos também comem! Tem tudo bom aspecto, muitos pimentos, beringelas recheadas, queijo, molhos com tomate, carne picada, batata, espinafres, enrolados em folha de couve... os sabores são diferentes mas não colidem com o paladar português!

Hora do almoço, vamos arriscar... pode ser este, e este, e este e aquele e mais o outro. Os pratos centrais foram o prato principal, já era mais que suficiente para 2...
Para beber, adoptei o Ayran, iogurte natural, mais líquido e com um bocadinho de sal. A colega turca da A. só passado alguns anos conseguiu provar iogurtes "doces", ainda mais estranho para ela se tiverem pedaços de fruta! Iogurte salgado também parece estranho, mas é bom, especialmente para tirar o picante de alguns pimentos nada inocentes...
Do lado das sobremesas, umas espécies de donuts/sonhos fritos, com um creme que não era chantilly. A "torta"... era uma espécie de pudim de leite com.. fiozinhos muito fininhos... de peito de galinha... era estranho, mas era bom! Nós também temos bolo de cenoura e azevias de grão! E o café turco, feito em panelinhas especiais, açucarado enquanto ferve, forte. Depois com as imensas borras do café... lê-se a sina... mas só para quem o sabe fazer, claro...

"Tive" de comprar este pacote de café... passámos na rua da loja/fábrica, o cheiro a café era irresistível... fila para comprar, era barato... depois vimos a referência nos guias. Pelo cheiro, já ganhou!
Os anúncios do MacDonalds apregoavam os McMenus e custavam 1eur…

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Muita neve Dezb 2010

Outra vez muita neve, o caos nos comboios e aeroporto a ameaçar agora os emigras que vão a PT passar o Natal.
Por cá era assim de manhã, Museumplein com o Rijksmuseum ao fundo.

Rua lateral.

E da minha janela continua a nevar...
video
Estive doente de gripe, passei muito tempo na cama, a dormir e a vegetar... saí de casa ao fim de 8 dias e o barulho do tram era muito alto para os meu ouvidos habituados ao silêncio, e estava muito cansada ao fim de 1h. Vou recuperando com calma e alguma impaciência... Valem-me os amigos com a companhia, serviço de compras de supermercado com entrega ao domicílio, cozinhados e até troca de roupa de cama :) Obrigada!
Malditos vírus :(

sexta-feira, dezembro 03, 2010

30!


Com muita neve, muito frio, muitos telefonemas, mensagens, emails...
Jantar com mais de 30 convivas e um dia muito bem passado em excelente companhia!
Obg!

quarta-feira, dezembro 01, 2010

Dez 2010, frio!


Sei que o ano passado não estava tanto frio nesta altura.
O "Feels like" tem muito que se lhe diga quando está vento... sinto-me tentada a ter uma daquelas máscaras que cobre o nariz e boca, porque só no caminho de 100m já custa a respirar!
(Amanhã não há post... nunca passei um aniversário com temperaturas tão baixas!)