quarta-feira, junho 30, 2010

Berlim – Tacheles


Não tinha percebido bem o que era quando a A. sugeriu no roteiro. Demos com uma loja estranha, meio ateliêr, meio exposição. Depois vi o letreiro "Tacheles" e entrámos num “pátio” atrás da rua principal.

Várias “cabanas” com exposições, música e objectos alternativos, esculturas estranhas, um ambiente diferente.

Mas engraçado e culturalmente rico. Discutível, em algumas obras. Interessante!

(ver History em inglês)

terça-feira, junho 29, 2010

Berlim – Reichstag


A subida ao Reichstag era gratuita e já me tinham avisado que era melhor ir cedo para evitar filas...
Na 6f fomos perto e a fila assustava, principalmente depois de um dia a andar a pé pela cidade, nem pensar, amanhã!

Mas no dia seguinte estava frio, chuva e vento. Arriscámos. A espera era muito penosa e só andava às vezes a cada 20 ou 30 minutos! Fiquei gelada :(

O pior foi chegar lá acima e perceber que a cúpula é aberta e entra o frio na mesma, bem como a chuva. O restaurante estava cheio e o carrinho de chá não chegou para descongelar as mãos :(
Para não falar da visibilidade quase nula com a chuva e nuvens... não correu muito bem...

O guia áudio é gratuito e interessante. As placas de espelho vão-se adaptando à luz diária e ajudam a iluminar as salas do Parlamento que se consegue espreitar de cima.

Também dava para visitar/ assistir às sessões mas só com marcação.

segunda-feira, junho 28, 2010

Berlim - Base

Destino: Berlim

Alojamento: é sempre difícil de decidir com tantos hotéis, hostels, apartamentos, preços para todos os gostos. Acabámos por decidir um apartamento, Art Appart, dava para poupar nos pequenos-almoços e tinha garagem (paga à parte) para o carro alugado. E que bela escolha, a 1min da enorme avenida Kurfürstendamm, no cruzamento da estação de U-bahn U1, Uhlandstrass que nos levava ao centro.

Pelo Tripadvisor, havia a recomendação para o apartamento 512, pelo que colocámos essa referência na reserva. E resultou! Quando pagámos a sra comentou que tinha sido um grande upgrade... ah, não sabia, realmente o apartamento era enorme!

Comprámos bilhetes CityTourCard que nos permitiu andar de U-bahn, S-bahn e autocarro, económico e útil!

O carro tinha cruise control, que ajuda muito em auto-estrada, apesar de muitas obras e alguns engarrafamentos pelo caminho. Desta vez foram 1368 km.

Paisagem... deu para ver montes e montanhas! A contrastar com a paisagem holandesa que se torna aborrecida de tão plana...

sexta-feira, junho 25, 2010

Força tugas!


Hoje vim de vermelho... e verde... :)

quinta-feira, junho 24, 2010

O livro das bicicletas


O mundo das bicicletas holandesas é muito curioso, cultural, cheio de imaginação mas também com regras...
A A. comprou este livro quando estava lá a autora e tem autógrafo. Agora arrependo-me de não o ter comprado também, é giro de ver as muitas fotografias e de ler a informação útil, em inglês e holandês.
Bicycle Mania reune imagens caricatas do dia-a-dia holandês acompanhado pelas bicicletas que servem para tudo e transportam qualquer coisa em qualquer estado da meteorologia...

quarta-feira, junho 23, 2010

Pinheiro, pinha, pinhões


O pinheiro cresceu...
Abrem-se as pinhas e tiram-se os pinhões. Arranja-se uma pedra e partem-se os pinhões. E come-se o miolo... com as mãos pretas dos pinhões e peganhentas da resina...
Faz lembrar os tempos em que ia para a mata apanhar pinhões junto ao mini-golfe... esse cenário já não existe e a mata já não está lá... Viva a natureza!

terça-feira, junho 22, 2010

Obrigada, José Saramago

Ler em português é cada vez mais um prazer, e José Saramago tem-se revelado sempre uma companhia fantástica.
A sua maneira peculiar de escrever acaba por tornar hilariante algumas passagens dos livros, especialmente nos diálogos.

Com tantos livros em eterna lista de espera, este "agora" saltou para 1o lugar.
É triste como gerimos certas prioridades mas se nos deixarmos levar no dia-a-dia, o esquecimento toma conta de muita coisa. Mesmo com agenda e listas em constante actualização.
Como a sensação de um dia de Verão com sol e calor, sem ser de Primavera Outonal!
Ou o sorriso familiar que só se encontra em PT...

Que o "Livro dos Conselhos" perdure nas nossas bibliotecas e imaginários pessoais!
"Se podes ver, repara"
...

quinta-feira, junho 17, 2010

Richard Ashcroft and tUNoS


Gostava muito dos The Verve mas nunca os vi em PT. Depois acabaram, voltaram e silêncio.
Descobri que o Ashcroft vinha ao Melkweg, com os The United Nations of Sound e não falhei a presença.

Foi um concerto muito bom musicalmente, os elementos do grupo são brilhantes. Só notar alguma falta de interacção com o público.

Canções novas do álbum que deve sair no próximo mês, canções da carreira a solo e… canções dos The Verve! Terá sido parecido com o alinhamento de Paris.
Só tive pena de não ter sido incluído o BSS...

quarta-feira, junho 16, 2010

Verdi – Requiem @ Concertgebouw

Em dia de jogo, traje verde e vermelho, a A. perguntou a meio da tarde se alinhava no concerto, bilhetes para menores de 30 anos (ainda nos safamos por enquanto!). Claro! Não sabia bem o que era, mas qualquer coisa no concertgebouw… ainda por cima a 10eur!

Pelo programa percebi o que era o Requiem, o termo era familiar mas... o de Verdi era assim: Requiem, Dies irae, Offertorio, Sanctus, Agnus Dei, Lux aeterna e Libera me.
Pela Orquestra Filarmónica da Holanda e Coro da Holanda (senhores e senhoras), com soprano, tenor, mezzo-soprano e baixo (?).

A audiência era maioritariamente mais velha, bem como alguns elementos do coro e orquestra.
As músicas são muito dramáticas, a minha mente levava-me para o mundo dos filmes, a imaginar cenários em paisagens melancólicas, ou dinossauros a aproximar de noite, ou tempestades no mar... Também me fez lembrar os casamentos com coro... aproxima-se o do T&M, com o coro dos amigos... vai ser certamente muito emotivo!

(foto sorrateira do coro)
Mesmo com a letra das composições, em latin e holandês, não era fácil seguir.
Claro que gostei, mas não era um concerto “alegre”...

Foi mais interessante que o nosso jogo da selecção...

terça-feira, junho 15, 2010

Restaurante Morlang


Mesmo em frente a casa, o Morlang e o Walem estão sempre com a esplanada muito concorrida, não tanto de turistas, são mais os locais, donos de Vespas e bronzeados para mostrar...

Para acompanhar as entradas e refeição, sai um Prosecco!
Prosecco Garganega Vino Frizzante, Fiorelli

Entradas:
Loempia’s van Pekingeend met pruimencompote en komkommerjelly
Peking duck spring rolls with plum compote and cucumber jelly


Sashimi van coquille met wilde zalm, tonijn en shoyu dressing
Sashimi of scallop with wild salmon, tuna and shoyu dressing
Só achei que para sashimi merecia um corte mais fino das peças. E que ricas peças :D
Pratos principais:
Singapore noedels met biefstuk, gamba’s, appel, chilipeper en gember
Singapore noodles with beef, gamba’s, apple, chilli pepper and ginger
Picantinho mas cheio de sabor… nunca mais me esqueci dos noodles à moda de Singapura, comidos em Macau, nem eu nem o Dave na altura conseguimos acabar… tal era o picante que a língua e lábios já doíam…

Vis van de markt: Kabeljauwfilet met lamsoren, rivierkreeft, lumaconi pasta & witte wijn roomsaus
Lamsoren é um “verde”, tinha “conchinhas” e “lagostins”, o bacalhau fresco era muito tenrinho, uma delícia!
Sobremesa:
Para terminar… a apresentação não era a melhor, o prato do lado tinha morangos! Mas o que interessa é o sabor, textura e fartura… eu sozinha não ia conseguir comer tudo!
Gebakken cheesecake met donkere chocolade en Kahlua
Baked cheese cake with dark chocolate and Kahlua

Boa escolha! Aprovado!

segunda-feira, junho 14, 2010

Perdi a caneca da joaninha...


Bonc!
Caiu no lava-loiça e rachou até meio...
Bolas...
Agora fica na prateleira da sala a fazer de decoração :(

sexta-feira, junho 11, 2010

De bike para o trabalho


É tudo plano, os cerca de 15km fazem-se muito bem em 1h e picos com companhia...

Depois das traseiras do estádio olímpico, há o clube dos barcos, o de futebol e os campos de ténis.

Parece que estamos de férias em passeio, no meio do bosque de Amesterdão, a ver os patinhos, galinhas, coelhos, gansos (sr e sra ganso e 8 gansos júniores que crescem rapidamente), pássaros, ovelhas, cavalos, o pónei no seu pasto...

Barcos, aviões, as pistas de canoagem e carros em fila.

Por agora 1x por semana, quando o tempo o permite, vamos tentar 2x.

Há quem pedale todos os dias, quem tenha mais equipamento especializado, mas todos chegamos sem stress e sem sono matinal!

No fim do dia de trabalho, mais 15km...

quinta-feira, junho 10, 2010

Adeus strippenkaart


Na região de Amesterdão acabou-se o strippenkaart... deu lugar ao cartão com chip, que se tem de passar no scan à entrada e à saída dos transportes. O que dá azo a esquecimentos e multas :(

Os carimbos do strippenkaart faziam lembrar um sistema do tempo da pedra, mas funcionava e dava para utilizar para mais pessoas, visitas ou amigos.

Este cartão é unipessoal, um custou-me 7.5eur e outro 5eur. O saldo vai descontando consoante as paragens/distância percorrida, mas o "overstappen" não funciona entre trams e buses, ou comboios, que não é ideal.
Vai dar para coleccionar, como os antigos cartões das cabines telefónicas, para quem gosta.
Por enquanto tenho mais confiança no Oyster card londrino que neste...

quarta-feira, junho 09, 2010

Perdi a minha joaninha preferida...


Terá sido num dos autocarros? A vestir um dos casacos?
Perdi a minha companhia permanente, a pulseira oferecida pela M. e que nunca mais vi à venda no mesmo sítio. A Joaninha pode-se comprar novamente, mas nunca mais vai ser o mesmo conjunto :(
Ficou a marca do sol... e a fotografia que a M tirou...

segunda-feira, junho 07, 2010

Um sábado de Verão

O Verão vem aos bocados, assim como a Primavera que se sente às vezes.
Quando há calor, há que aproveitar como se não houvesse amanhã, porque no dia seguinte chove...
Caracóis em Amesterdão? Congelados! Da loja portuguesa pois... e comem-se muito bem!

E tremoços!
E descansar em cadeiras de praia/jardim à beira da rua a ler... e a ver os outros passar em festa nos barcos no canal. Deu para andar de chinelos sem casaco nem écharpe.
Dias destes são tão raros que merecem post...

quinta-feira, junho 03, 2010

Quando o mercado tem muita oferta...

... tenho dificuldade em me conter e frequentemente regresso a casa com uns 10kg de compras na mochila, sacos laterais e outros malabarismos...

Bacalhau no forno com espinafres, da A.

Comprámos polvo. Ora então... não há panela de pressão, cada um tem a sua receita... mas o básico... como se arranja o polvo? Lulas e peixes "normais" eu sei, mas polvo nunca tratei... Oh mana!!! Um telefonema depois e estava o assunto arrumado.

Receita da mana da A.

O raio do bolo de laranja nunca fica... laranja... será das laranjas? Dos ovos? Também nunca fica como o original, da mãe do P. :(

Bom, com o frigorífico cheio de vegetais, a frigideira teve um bom uso, mais de 10 ingredientes e sai dose para, pelo menos, 4 pessoas!
Já ando nos batidos de morango, mas ainda não me aventuro com as cerejas... baixem lá de preço...
Viva o mercado ao Sábado de manhã!