quinta-feira, dezembro 31, 2009

2009 revisto

O ano começou mal, mas melhorou no fim do Verão.
O blog foi reportando tudo, mas fica o resumo…
Estudei muito, todos os dias em Janeiro, numa 6f soube que tinha passado nos exames, no fds estive em Londres com amigos, relaxei e fiquei doente 2f. Tiro e queda. Soube o que era ir ao médico na Holanda, paracetamol e descanso. Só depois de muita insistência é que consegui papel para análises e confirmar diagnóstico. Vá para casa descansar... que raio... 6 meses depois ainda não era a mesma, não foi nada fácil e a alegria geral foi-se abaixo.
Desde então tem sido uma recuperação lenta, com muita paciência e re-aprendizagem de certos hábitos, apreciar o descanso, noites de sono, poupar energia, tratar de mim. Tive +- tempo livre nesses meses, mas não havia ânimo para nada. Ficaram muitos livros por ler, o puzzle de 3000 peças ainda nem vai a meio.
Assisti a concertos Deolinda, Buraka Som Sistema, The Killers, U2, Coldplay. Vi bailados, concertos de música clássica e musicais. Visitei mais museus e descobri novos recantos da cidade. Ainda tenho na agenda alguns museus e restaurantes, mas fico contente de saber que do guia votado pelos leitores da Timeout, já conheço a maioria.
Passeei por Londres, Holanda (ilhas), Côte D’Azur, Basileia, NY, México - Riviera Maya, Paris (e vou para Dublin daqui a umas horas). E claro, fui várias vezes a PT. Não me canso de viajar e quero continuar a fazê-lo!
Tive visitas do Monteiro, da Pipa e P, do Filipe, dos pais, da mana, do Adriano. Muito menos em relação ao ano anterior. Aiaiai para os amigos que ainda não vieram, olhem que eu não fico cá para sempre!
Há sempre portugueses a chegar, outros de partida, parar no tempo é que não!
Fiz um curso de Dutch, fiquei com o nível Advanced Beginner e chega. Não há motivação nem gosto para mais, é suficiente para entender e sobreviver, mas como todos falam inglês, só mesmo com dedicação se vai lá.
Fui a 5 casamentos, revi amigos e andei em correrias para visitar outros. Para o ano já estão mais 3 cerimónias na agenda!

Feliz Ano Novo 2010!
Felicidades para todos! Bom ano!

Ferradura de sorte oferecida pelo cozinheiro da cantina do trabalho, para comer mais logo. Tentei decifrar/traduzir o PF mas não consegui. Polaco, latim, eslovaco...

Vou ali beber umas guinness e ver o fogo de artifício no Liffey...
Até para o ano!

quarta-feira, dezembro 30, 2009

Wit Amsterdam p3

No trabalho, ao fim do dia, tentei fazer um boneco. Na vertical não resultou, teve de ficar deitado...

Já tinha o cérebro gelado, já não conseguia desenhar uma @...

Pelas ruas encontram-se desenhos/ bonecos e fazem-se outros...

Carro feliz

Falta o cinto de segurança!

Citroen

Family car

Bonecos de neve

Obg R, C e S pelas fotos da bonecada e companhia!
Depois do Natal a neve derreteu, mas hoje está tudo branquinho novamente...

terça-feira, dezembro 29, 2009

Wit Amsterdam p2


Quase 2 anos por cá e não sabia que havia um café no topo do Kalvertoren… mega vista!

A voltar com um dia bonito...

Os trams funcionam, os buses nem sempre, os taxis armam-se em espertos e pedem 120eur do aeroporto para a cidade…
Museumplein branca de neve…

Vai um gelado? Ou compras de Natal?

No dia anterior fez céu azul e os lagos do Vondel congelam.

segunda-feira, dezembro 28, 2009

Wit Amsterdam p1

Na semana passada nevou, durante dias estava tudo branco e gelado, no fds deu para tirar fotos. Durante a semana saio de casa ainda está escuro, chego a casa e já escuro novamente. Mas os dias começaram a aumentar, já passou o dia mais pequeno do ano!

Abro a janela e tenho neve.
video
Mais tarde neva...

Da janela vejo os jardins dos vizinhos

Saio de casa e vejo...

Não está tempo para andar de bike!

É melhor deixá-las... estacionadas...

terça-feira, dezembro 22, 2009

MEX – Rumo a Fort Lauderdale e NY

No penúltimo dia arranjamos transporte para o aeroporto pelas Vacaciones Barceló, foi ainda mais barato que o percurso da chegada. Foi um táxi carrinha dividido com outro casal. Mas a hora marcada era claramente muito antecipada :(

Fomos para o pequeno almoço esperar a abertura às 7h. Os empregados estavam reunidos, talvez um ponto de situação matinal. Os primeiros hóspedes a entrar recebem uma salva de palmas, pela pontualidade e capacidade de levantar cedo! Eu diria que depende também do jet leg com que se está :P

Chegadas ao aeroporto, o raio X/ alfândega deixaram passar o creme protector (embalagem claramente maior que 100ml) e a garrafa de água que levava na mão.
Em Fort Lauderdale tivémos de mudar de terminal, para o «anterior«, mas como o autocarro que os liga só faz o percurso num sentido, tivémos de dar a volta por todos os parques de estacionamento e mais algumas paragens até chegar ao destino.
O terminal era pequenito e não tinha muita oferta para comer, principalmente uma refeição quente.

O chato foi estar chuva e vento em NY e os aeroportos estarem todos com atraso...o nosso foi de 2,5h...
Saímos de manhã com manga curta e calor, chegámos à noite a NY com uns 7 graus e muito frio. E a minha etiqueta identificadora da mala, do Snoopy, ficou algures num aeroporto... :(

No último dia em NY percorri algumas lojas para últimas compras. Notei que as montras e recheio tinham passado a incluir motivos natalícios, decorações, presentes.

Da lista de visitas, faltou Chelsea (mercado), Greenwich Village, Union Square e algumas exposições que podiam ter sido interessantes. Ainda os babycakes, o Pastis e PJ Clarkes (hamburgers com história). Haverá uma próxima oportunidade!
PS: Reportagem de Amesterdão branca de neve na próxima semana.
Feliz Natal! Boas festas!
Vamos lá ver como vai ser o voo, com tantos atrasos e cancelamentos por causa da neve... e depois ver se a mala chega... inteira e com tudo!

segunda-feira, dezembro 21, 2009

MEX – O Barceló do lado


Em época baixa, só 2 complexos do Barceló estavam em funcionamento, e era suficiente.

O do lado era o mais fino, mais caro, com mais requinte, melhor decoração, lojas mais arranjadas, cheira bem em todo o lado, melhores piscinas e outros requintes e miminhos de quarto.

. Eu gostei do nosso, andámos à vontade e era muito bom! Além disso, na minha opinião, a “nossa” praia era melhor!

Muitas tentativas para a auto-foto... safou-se esta!

sábado, dezembro 19, 2009

MEX – Tempestade


Nessa manhã tínhamos andado de triciclo, regressámos com alguma pressa quando se começaram a ouvir os trovões. Num deles foi notória a reacção dos miúdos à beira de água que correram para a areia assustados. Eram barulhos assustadores e o céu estava a ficar carregado.

Começou a chover, mais forte, a pingar nas cabanas, turistas a fugir, empregados a correr… Tempestade tropical!

Depois acalmou, mas a areia já não estava macia :(

Decidimos andar de canoa, para exercitar os braços, desta vez. Não estava já tanto calor, mas frio também não! Melgas, malditas melgas!
video
Filme da chuva...

sexta-feira, dezembro 18, 2009

MEX – Comida

Para além dos buffets sempre cheios de comida em constante manutenção e renovação, tivémos direito a 2 jantares em 2 restaurantes do resort, calhou-nos italiano e marisco.

Tínhamos de reservar 24h antes, dar o nome. Havia muitos casalinhos, mas também havia grupos de amigos, um atendimento mais personalizado e menos «confusão». Mas no buffet pode-se sempre escolher tanta coisa… :)

No italiano (não escolhemos massas ou pizzas) comemos lulas recheadas e peixe (que não era bacalhau apesar de ter sido escrito como tal).

Tiramisú e uma «pirâmide maya« de chocolate, de notar a decoração dos pratos com chocolate!
No de marisco comemos lagosta de duas maneiras diferentes.

Um pudim de frutos e uma tartine de limão.

quinta-feira, dezembro 17, 2009

MEX – Bichos


Havia iguanas em todo o lado, maiores ou mais pequenas, quase sempre com ar inofensivo e observador, com pinta de dinossauro vivo.

Se tocar ela morde?...

Ovos de tartarugas!

Os peixinhos vinham ter connosco na água ainda estávamos pelos joelhos.

Com óculos de natação ou os do Xel-Há, lá íamos observá-los, à beira da praia, mais de 8 espécies diferentes num só bocadinho de praia/rocha/coral, coloridos, riscados, alongados, pequeninos, fugidios…

Como a água é muito transparente, vêem-se bem.

Mas o chato chato… eram as malditas melgas, que nos aterrorizaram! Cheguei a comentar não haver, mas ao 2o dia começaram o ataque. Não houve lembrança de repelente, mas saíamos à rua para o buffet ou restaurante cobertas em echarpes na tentative de escapar às picadas das ditas. Mas o pior eram as babas gigantes com que ficávamos e a comichão que daí vinha nos dias seguintes…

"Não coces!!!"
"Ai, já fui picada outra vez!"
"Mas da outra vez não havia!..."
Depende da época do ano, chegam com as chuvas. O After Bite foi nosso amigo!

quarta-feira, dezembro 16, 2009

MEX – Tulum

Depois de Xel-Há, o bus seguiu para as ruínas Maya em Tulum.
Há sempre muito «verde« em todo o lado. Vegetação densa cheia de vida.

O guia ia explicando e dando informação histórica, com fotografias e páginas de livros, artigos. É muito interessante e curioso.

As janelas construídas estrategicamente onde o sol “encaixa” nos solstícios, e também a lua, nada foi ao acaso.

O acesso principal à praia estava interdito por ter ovos de tartarugas!

Apesar do calor imenso, já era relativamente tarde e se fôssemos à agua íamos regressar no bus molhadas, com o AC muito alto, não ia resultar bem… Não é que não tivéssemos passado o dia dentro de água, mas o calor é terrível, e saber que no Verão é muito pior, ui ui!

No regresso ao hotel vimos um documentário histórico sobre os Maias e o ano 2012, era interessante e sério, mas o nosso hotel não foi o último das paragens, por isso não o vimos até ao fim.

As construções de Chichen Itzá são mais conhecidas mas ficava muito mais longe, a cerca de 3h de bus. na província de Yucatán, nós estávamos em Quintana Roo, e a Di já tinha ido.
Para os americanos, segundo o guia… são as ruínas Chicken Pizza!

vista "panorâmica" da praia