sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Decoracao

As casas aparentam bom gosto na decoracao. Para estes lados o IKEA*, Ittala, Marimekko, etc (ver coisas lindas em http://www.finnishdesignshop.com/) ja’ estao presentes ha’ muitos anos. Estou sempre a ver lojas de candeeiros, o que em PT e’ uma raridade. E muitas lojas pequenas cheias de coisas originais, embora na maioria caras, com formas inovadoras e coloridas. Diversidade!
Este ano nao vou ter dificuldades em comprar prendas “diferentes”!

jm
(* i-keh-a’, ai-kia, i’-kia, i-keia... ja’ ouvi tantas maneiras diferentes de pronunciar!)

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Casas ‘a vista

Nem sempre usam cortinados nas janelas, ou tem-nos sempre abertos, o que quer dizer que se vê o interior das casas. Ve-se salas espectaculares, quadros enormes, candeeiros de lustre, esculturas enormes, plantas grandes, decoracoes giras. Residentes a comer, de pijama, a brincar com os miudos, caes e gatos, a ler o jornal de roupao...
Logo na 1ª manhã a minha mãe não achou muita piada ver as casas de banho dos prédios da frente, e duas senhoras de maminhas ao léu...
Também se vêem infantários cheios de brinquedos, peluches e crianças a brincar lá dentro.
Em principio e’ propositado que se ve o interior das casas. Por um lado e’ para entrar mais luz. Mas de noite... ja’ nao faz sentido! Segundo os estereotipos, e’ para que os vizinhos e estranhos vejam as belas casas e posses que detenham, como quem diz “inveja o que eu tenho”... Para os ladroes parece-me bom.
So’ nao sabem fazer escadas, sao quase sempre impossiveis de andar sem agarrar ao corrimao, de tao ingremes, curvas agressivas e degraus pequenos onde nao cabe metade do pe’!
Uma vez por ano pode-se visitar casas de pessoas, como se fossem museus...
JM

terça-feira, fevereiro 26, 2008

O banco Rabo


Acho que em PT nao seria um bom nome para uma instituicao bancaria...

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Um fds guloso

Experiencias culinarias sao sempre bem-vindas!
6f
Jantar na casa do CC: massada de marisco, home-made com os ingredientes que se arranjou (no pics available).
Sabado
Pasta com 3 tipos de cogumelos no Bijenkorf, sumo de morango e laranja, e tudo o resto tinha um excelente aspecto.

Lanche de bolo de chocolate maravilha a um preco maravilha (descobertas maravilha da C e do M).

Outra vez jantar na casa do CC, lulas com batatinhas e salada, home-made. (Nando, nao havia alhos suficientes, nao ficou nada parecido com as tuas e da Tininha!)
Nao saber quantos comensais aparecem pode ser mau, se soubesse que ia cozinhar para 10 pessoas tinha comprado mais lulas, mas havia sobremesa!
Tiramissu, home-made. Receita tirada do livro do Jamie Oliver de Italia, copiada in loco na Waterstones perto da Spui e devidamente adaptada com o possivel: tangerina em vez de laranja, moscatel em vez de cherry, mas conseguimos encontrar palitos la reine, acucar castanho, cacau Droste, mascarpone e a C tinha cafe’ tuga. Ficou maravilhoso e foi muito simples de fazer!
Profiteroles com frutos vermelhos, que sao anti-oxidantes, portanto era saudavel! :)
Domingo
Sandes na Puccini, de rosbife ou salmao,
...bolo de chocolate ou tarte de maca.

Jantar Sushi (Me) e um filme a terminar o fds, Michael Clayton, muito bom!
No intervalo de tanta comida, andei de bicicleta, fui ao mercado carregar batatas e fruta, comprei um livro giro (tipo enciclopedia) para aprender vocabulario holandes e ingles, descobri mais ruas e lojas giras para explorar, passei pela biblioteca e fiquei com vontade de a visitar,
...vi a exposicao de fotografia Magnum no Stedelijk, fiz o cartao anual dos museus (ja’ so’ me faltam uns 50 para ver...)
...e apanhei uma chuva bem molhada no regresso a casa. De manha nublado, de tarde ceu azul. Ia adivinhar que ia chover ‘a noite? “Habitua-te”, e’ o que me dizem. Nao sei... acho que prefiro andar de tram quando chove!
Deitei-me a ver a BBC e CNN para apanhar alguma coisa dos Oscars, acordei as 5 sem despertador e acendi a tv para apanhar alguns resultados, as 7 ja sabia o resto :). Pela hora do almoco ja’ tinha conseguido ver os vestidos principais, so’ a Penelope Cruz decepcionou um cadinho. Muitas gravidas, vermelhos, vestidos so’ de uma alca e muito glamour!
JM

sexta-feira, fevereiro 22, 2008

Koop & MTV


5f e’ dia das lojas abrirem ate’ mais tarde, dando sempre vontade de dar uma voltinha, nomeadamente para ir buscar o Amsterdam Weekly, que e’ em ingles e tem o guia de exposicoes, concertos, teatros, cinemas, etc.
Mas ontem foi diferente, tinha o concerto de Koop, do qual a semana passada so’ conhecia uma musica mas esta semana fiz o tpc e fiquei fa. Foi no Melkweg, paga-se o bilhete, mais uma taxa de “servico”, mais um cartao “cliente” do espaco para os concertos do proximo mes, no meu caso. O ambiente e’ muito engracado, livre. Cada um veste a sua indumentaria, seja um perfeito anos 30 incluindo as collants com risca vertical atras, seja o estilo “brit” com calcas de ganga + camisa branca por dentro + gravata preta fininha, seja um vestido quase para casamento, sejam as skinny jeans com botas por fora ou por dentro e tops coloridos, ou sejam outras combinacoes estranhas e imaginativas, e’ giro de “observar”. Pelo que dizem, os holandeses sao uns chatos nos concertos: vao e voltam do bar, nao param de falar e nao sao muito calorosos para com os grupos. Sad but true. Mas foi um som jazz muito fixe! E ha’ todos os dias concertos em algum lado, ja’ percebi que e’ ai’ que se gasta muito e se tem de seleccionar para nao ir ‘a falencia.

Depois pedalar ate’ ‘a Central Station e apanhar um barco gratuito com as bikes ate’ algures do outro lado. Festa da MTV – Nokia Trend Labs. Era giro, dava para mexer em telemoveis, fazer downloads de musica por bluetooth, dj “normal” e um dj na zona da wc... :) Era um som agressivo, alto, mistura de techno com trance com pop com... mudava a cada musica. Ambiente descontraido sem grandes producoes, assim e’ que deve ser!
O regresso custou um bocadinho, meia hora a pedalar com ventro contra... quem raio precisa de ginasios com uma cidade tao grande para percorrer?
JM

quinta-feira, fevereiro 21, 2008

E da L

Antes de me deitar fui ve-la, la' estava ela no meio da escuridao e ao frio. Marquei o despertador para as 3h50 mas acordei antes da hora, ver o Atonement deixou-me meio angustiada. Vou ou nao vou? Vesti o casaco e o cachecol, peguei nas chaves e fui.
Nao estava no mesmo sitio, tinha avancado mais um pouco, como seria de esperar. E la' estava ele quase no momento fulcral. Esperei um bocadinho mas o frio nao era aconselhavel. Voltei para casa e percebi que os podia ver das janelas da cozinha. E ali me deixei ficar mais uns minutos ate' ela desaparecer por completo.
Toca o despertador 'as 6h30. Agora ja' nao apetece...
Ainda ha' poucas fotos mas ja' h'a algumas bem giras aqui.

JM

quarta-feira, fevereiro 20, 2008

O que faco depois do work?

Muitos me perguntam o que faco depois do work, ja’ que saio cedo. E’ um ritmo diferente, trabalho das 8h30 ‘as 17h30, sao as 8h da praxe, sabendo que e’ so’ meia hora de almoco.
O tempo livre passa rapido e nao tenho ainda rotina, felizmente.
Na 2f cheguei a casa esganada de fome e comi uma taca de nestum. Depois andei no computador a escrever no blog, tratar de contas, procurar locais no mapa, pedir a cedula internacional atraves do portal do cidadao (que maravilha de servico!). Depois fiz o jantar e vi o resto do Ratatouille no pc.
Ontem cheguei a casa esganada de fome outra vez, almocar ao meio-dia tem destas coisas. Fiz uma tosta de camembert com oregaos, estava maravilhosa. Depois passei a ferro uma pilha de roupa ja’ acumulada ha’ algum tempo, e como o ferro nao tem vapor, ainda custou mais a ficar aceitavel. Depois experimentei o e-banking do ABN AMRO: abro o site, insiro o nro da conta e do cartao, o ecra mostra um codigo, insiro o cartao numa maquineta que parece de calcular mas so’ tem os nros, ponho o pin, insiro o nro do site na maquina, que devolve outro numero para escrever no site, finalmente estou online. Ufa... Agora a ver quando cai o ordenado, ja’ comeca a fazer falta... Jantei, li um bocadinho da Visao e vi o filme 2 dias em Paris.
Por este andar vou por os filmes todos em dia, tenho mais de 10 em fila de espera. Os oscars sao ja’ este Domingo!
Tenho um Harry Potter para ler, holandes para aprender, concertos para ir (amanha Koop!)... e’ bom ter tempo para “fazer coisas”!
JM

segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Mosqueteiros em Amsterdao


Despedidas de solteiro em Amesterdao? Ui...
O que vale e' que sao todos bons rapazes ;)
Houve tempo e disponibilidade para partilhar alguns momentos do fds.
Da esq para a dta:
Nuno, Alexandre, Rodrigo, myself & Joao. E a sombra do fotografo.
O resto do grupo andava noutros compromissos de ultima hora...
Obrigada pela companhia, pelas macas (com cedilha no c e til no a) e pela revista Visao!
E obg V pela mochilita de coisas uteis!
JM

Fds


6f
Frio de rachar, temperaturas negativas. Fomos a Utrecht jantar com um casal portugues, appointment no restaurante. Os parquimetros sao um abuso, e' mais um motivo para ter bicicleta e andar de transportes publicos. Depois fomos jogar bowling, com appointment, claro. Nao deu para conhecer a cidade, mas pareceu pacata e cosy.

Sabado
Tarefas domesticas, lavar roupa, arrumar o quarto.
Comprar tenis para correr na run2day (.nl). A loja tem o chao em tartan com marcas de pistas. O atendimento e' personalizado e especializado. Calcei uns 6 pares de tenis (sapatilhas, para a malta no Norte). Corri dentro da loja para depois ver num filme a maneira como corria e ajudar a escolher o melhor tipo de tenis. Depois corri na rua com uns 2 ou 3 pares, ate' acertar com o tamanho. Nao fosse o frio e ja' ia correr. E tambem ando cansada dos km a andar de bici, tenho de me ir habituando.
Fui ao mercado comprar fruta, legumes para a sopa e uma posta de salmao que grelhei para o almoco-lanche. Que maravilha!
Depois jantar e festa do crunc (.nl), muito louca, bom som e ambiente. Guardar os pertences num cacifo pareceu-me genial, nem sei porque nao se faz isso em PT. Cada um tem a sua chave e poe la' o que quiser, os varios casacos que se traz vestido, chaves de casa, etc. E pode-se ir la quando se quiser buscar alguma coisa. Nao e' comecar a dizer que se for o casaco e' 1eur e se for o cachecol e' + 1eur e depois no fim da noite e' uma espera de seca... Cacifos para toda a gente! E as wc, irrita ter de se pagar. Supostamente tem sempre papel e cheiram bem e 'as vezes dao rebucados. Mas chateia ter de pagar! Mas quase me assustei quando entrei na zona e estavam varios homens de costas na parede do lado direito... Do lado esquerdo as "cabines" com a solucao engenhosa de ter distincao com luzes: olha-se para cima e ve-se a luz de cada cubiculo, vermelho ocupado, verde livre. Quando se entra e roda a fechadura, muda a cor da luz. Genial!
Ainda passei no Jimmy Woo para ir ter com outros amigos tugas, mas estava cheio e era uma onda diferente, tipo club privado, com mesas com moet. Ainda se estivessem a oferecer... :)

Domingo
Dormir... borregar a ver o ratatouille e a pensar com forca a ver se a roupa se passa a ferro sozinha (nao resultou e ainda esta' por passar).
Um mini passeio com passagem no Vondel e constatar que os lagos congelam um bocadinho. E' estranho, e hoje vi gaivotas la'... sentadas no gelo, pois claro.

Fiz sopa (preciso da minha varinha magica), fui jantar com amigos e ver o "No Country for Old Men", a ver se apanho a corrida aos oscars. E' violento que se farta, mas 'as tantas ja' se torna "banal", olha mais um que vai morrer... O Javier Bardem nem parece o mesmo, com aquele cabelinho estranho encarna um assasino dos maus. O Tommy Lee Jones e' o xerife bonzinho e o Woody Harrelson tambem era dos maus. Mas a falta de legendas fez diferenca. Apesar de se perceber o que dizem, o sotaque de "cowboy" e alguns dialogos mais cerrados fazem perder algum detalhe fundamental para... "perceber" o filme :(

Esteve outra vez um excelente fds de sol e ceu azul apesar de temperaturas negativas. Ja' ando com 2 pares de luvas e tudo...
JM

Uma manha diferente

Para tratar de burocracias tem de se tirar um dia de ferias, ou um periodo off.
E tudo tem de ser com appointment.

Medico
Mais um appointment para me apresentar/ registar como paciente. Tive de escolher um medico na internet que aceitasse novos pacientes... Para depois ter o seguro de saude.

Sofi number
Ja' tinha appointment marcado. Apresentei o meu passaporte e cedula pessoal, mas a sra nao aceitou porque nao estava traduzido. Precisava de uma traducao oficial ou de uma cedula internacional. Vou ter de tratar disso. Mas porque, perguntei eu?
sra: Para saber os nomes dos seus pais...
mim: ah mas para isso tenho o BI!
sra: Nao serve, e' posterior ao nascimento e pode estar errado. E tambem para saber se nasceu como mulher... (e olhou para mim, como quem confirma)
mim: ... errr... (nao respondi).
Pois, realmente... embora nao seja muito frequente podera' acontecer...
Fiquei um bocado atarantada... como que um bocado ofendida na feminilidade, nao hesitei quando voltei a ver um vestido que tinha gostado que estava agora com 70% de desconto, estava a pedi-las. Comprei 2... (Ana, ja' tenho vestido para o teu casamento!)

Banco
Activei o cartao do ABN, pedi uma maquineta para o internet banking e depositei dinheiro. Acho que ja posso almocar sem ter de pagar os 4eur com o visa, apesar de dar sempre milhas...

Casa
Tinha o necessario appointment com o sr da agencia e esqueceu-se! Bolas... Fica para sabado. (Madalena, espera mais um cadinho e depois marcas a viagem!)

Nos entretantos, fartei-me de andar de bicicleta, entre cada spot, por jardins, ruas novas, passarinhos, sras de bicicleta a cantar e assobiar. Esta' um dia de ceu azul e sol. Mas frio, bem me arrependi de nao levar os meus pompons de princesa Leia nas orelhas!

Passei no La Place e ia ficando petrificada. Pao mais normal e muito variado, bolos, pizzas, tartes, quiches, comida a peso, pratos preparados, sumos... que maravilha! Fiquei-me por um paozinho crocante e fresco com molho de pesto e pinhoes (Nuno, tu acaba o curso de chef e abre uma coisa destas!).

E agora vou para o trabalho...
JM

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Oculos embaciados ou capucho?


Esta' mais frio que ontem e o ceu azul tornou-se foggy o dia todo. Minhas ricas collants e meias quentes que nao vieram na mala...
Andar de bicicleta torna-se menos apetitoso, mas e' a forma mais eficiente de transporte, tem de ser. Sempre malukos no Vondel a correr, como conseguem respirar o ar gelado?
Hoje andei de oculos e pensava eu que era mais uma proteccao da cara contra o frio. Mas nao, puro engano. Quer dizer, protege os olhos do vento, mas cada vez que respirava, ao expirar, ficava com os ditos embaciados, o que nao dava jeito nenhum, especialmente porque nao parava de respirar!
Na volta fiz a versao com o capucho enfiado na cabeca, o que da' a sensacao de ser um pouco vandala, mas protege do frio e nao embacia os oculos!
Se acontecer uma queda, acho que nao tem muitos efeitos colaterais, porque entre eu e o boneco michelin... meias, collants por cima, calcas por cima, top de alcas, camisa, camisola, casaco, outro casaco por cima, cachecol, luvas.
E parece que no fds a temperatura ainda vai descer mais...
MB, TT: Acho que vou dar uso 'as ear-muffs!
JM

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Uns 10km?

De manha andei a engonhar e quando dei pela hora ja devia estar na rua e ainda nao estava calcada nem apetrechada com os casacos e luvas necessarios.
Sai' da porta e vi o tram a passar ao fim da rua. Bem, bora la' na bike para tentar nao perder o bus. Pedalar num stress pela rua fora, computador 'as costas, cara gelada e nariz ja' a pingar do frio. Num stress entalar a bicicleta com os 2 cadeados e subir para o autocarro. Consegui! E depois morri de calor porque esta' sempre quentinho la' dentro, a convidar 'a soneca durante o transito.
No fim do dia, mais 20mins de volta a casa, caminho mais longo porque ainda passei na casa do CC para me ajudar a arranjar a mudanca da bicla que tinha ficado presa na mais pesada.
Cheguei e sai' outra vez, para jantar com uns amigos da mana, que me trouxeram algumas coisas, de entre elas, um pacote de Nestum!
Mais 20mins ate' a outra ponta da cidade. Pelo Vondel varios grupos de malukos com luzes e reflectores a correr. E regresso com mais 20mins de pedalada. E' quase sempre a direito e ate' tem piada as mini-lombas na estrada. Mas a passar certas pontes custa a subir! Nao mexo nas mudancas nao va' ficar outra vez na mais pesada...
Eu ja a pensar que me orientava bem, nao me perdi e fiz bons caminhos, a um bom ritmo. E eis que sou ultrapassada por uma loura de pelo menos 1,80m a conduzir alegremente... sem maos...durante muito tempo! Haja experiencia...
Estou cansada!
JM

segunda-feira, fevereiro 11, 2008

A estreia na bina

Acabei de chegar da 1a experiencia de bina na cidade. Para la' fui acompanhada, para nao me perder. No Vondel, havia muitas pessoas a correr, era escuro e esta' frio, sao doidos!
Na volta vim por outro caminho a descobrir mais recantos e Albert Heijns. Ainda pessoas a correr na rua e nos ginasios.
Cara gelada, pes gelados, mas nada que um cha' quente nao resolva. E assim poupei 2 viagens de tram!
JM

domingo, fevereiro 10, 2008

Vondelpark em dia de sol

A cidade tem muitos parques, mas o mais perto de mim e' o Vondel.
Nao percebi como se jogava este jogo...
Domingo e ceu azul, familias, casais, pessoas a passear, correr, a andar de patins, trotinetes e triciclos, a passear caes, a andar de cavalo, todos gozam o prazer de apanhar sol.

A arvore do outro dia estava cheia de criancas a trepar.
Oh pra mim a experimentar a minha bike!
JM

sábado, fevereiro 09, 2008

Dia de sol


Ja' ontem tinha estado um dia lindo e hoje repetiu-se a dose, ceu azul e sol! Claro que nao esta' calor, mas nao se pode ter tudo!

Comprei uma bina! Segunda mao, pois claro. Fui honesta, recorri a uma loja, coisa oficial. Tem garantia de 3 meses! E tem travoes "normais", nas 2 rodas, porque a modalidade de travar = a pedalar para tras podia significar uma colisao indesejada. E tem 3 mudancas. E e' de senhora. A maioria das pessoas compra "na rua", e da' para que sejam roubadas umas 4 ou 5 vezes ate' fazer o preco de uma em 2a mao... Vamos ver... Ja' tenho 2 cadeados, um comprado na loja e outro num mercado de rua, tambem com precos muito distintos.

Desde pequena que tive bicicletas, embora nunca a cobicada BMX :P Mas ja ha uns anos que nao ando, e nunca tive uma destas, de "estrada". E especialmente nao conheco as ruas nem estou habituada aos outros ciclistas da cidade. Por isso vou comecar aos poucos, fds e fins de dia, se der. Depois comeco a levar para o autocarro e talvez um dia deixe de andar de tram.
Mais umas voltas pela cidade, a descobrir novas zonas e ruas giras para passear.
A mercearia portuguesa do "To' Ze'", Casa Bocage, onde ha' cerelac, nestum, azeite, vinhos, cafe', gelatina, pasteis de nata e, sobretudo, simpatia e boa disposicao!

Muitas esplanadas concorridas por locais e turistas, todos os spots sao bons para receber o sol.
Predios tortos mas giros e com um dia limpo fica tudo mais bonito!
JM

sexta-feira, fevereiro 08, 2008

O ambiente no trabalho

Absolutamente tranquilo...
...malta com barba por fazer, com cabelos compridos e despenteados, que se espreguica no meio de uma reuniao ou de uma formacao, de calcas de ganga sem ser 'a 6f. Pela 1a vez na vida fui trabalhar de calcas de ganga, sem ser fds. E' muito bom!
As pessoas sao de varias nacionalidades diferentes, a mistura e' muito gira!
Pela janela vejo avioes a passar, dependendo das pistas do aeroporto gigantesco que estiverem activas. Felizmente nem sempre passam naquele trajecto, nem tenho a janela 'a minha frente, senao a produtividade baixava consideravelmente. Talvez um dia destes consiga ver um A380.
Na cantina a comida e' sempre uma surpresa, embora nao necessariamente positiva. As sopas sao estranhas. Imagine-se um prato de caril, tira-se o arroz branco e a carne, fica o molho condimentado com cubinhos de maca ('c' cedilha e 2o 'a' com til), numa textura mais liquida... Imagine-se bifes com cogumelos cheios de molho cremoso, tiram-se os bifes, numa textura mais liquida... E por ai.
Eles basicamente comem pao, sandes, com queijo ou salsichas ou coisas estranhas. Acho que ao jantar tambem demoram uma boa meia hora a jantar. Prazeres 'a mesa nao parece ter o mesmo significado para todos!
E' bom descobrir coisas novas, mas como geralmente nao se percebe a descricao holandesa do prato e nem sempre se percebe os ingredientes pelo aspecto... Um dia destes levo um australian ou um ben&jerrys de sobremesa!
Acham estranho o tamanho da minha caneca da lieveheersbeestje, mas o normal e' cada um ter uma onde se abastece de cha e cafe durante o dia.
E 'a 6f... ainda se sai mais cedo, e' incrivelmente maravilhoso!
Prettig Weekend!

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

Just say it with flowers...


It works for me!

São lindas!

PS: Só não tenho onde as pôr, porque uma jarra para flores não constava da lista... mas tudo se há-de resolver!

terça-feira, fevereiro 05, 2008

There's rain

"Hrude mor-hren"! Eu digo em português e eles respondem-me em dutch, a ver se aos poucos digo alguma coisa.
Levei a minha mega caneca com a lieveheersbeestje para o trabalho, para beber chocolate quente, chá e água, serve para tudo. Saí às 17h25, mas estou cansada... é outro ritmo, tudo novidade, alguma pressão e custa levantar às 6h30, sabendo que em PT seriam 5h30 e está escuro na rua.
O chapéu de cabeça protege alguma coisa mas um chapéu de chuva dá outra cobertura, se bem que o chapelinho não deve durar muito com este vento... Choveu quase o dia todo. Mas não foi por isso que não vi pessoas a andar de bicicleta como se não estivesse a chover... Deve ser uma questão de habituação!
Para jantar um peixinho cozido, sabe bem uma refeição as simple as that. Mas o azeite... amarelo e com "liquidez" como óleo. Ou arranjo azeite "normal" numa mercearia portuguesa de que já me falaram, ou então começo a trazer azeite na mala, o que não dá jeito nenhum :(
Meu rico pão molhado em azeite! Bem, o pão também não tem nada a ver com as bolinhas do central em Almada, ou com as bolas de água do Jumbo de Almada, mas come-se.
JM

segunda-feira, fevereiro 04, 2008

First day @ work

Achei que estava "calma", mas o sono não veio, dei mil voltas, fiquei com a sensação de não ter dormido nada e levantei-me com uma dor de cabeça razoável :(
Comidos os cereais, ainda era de noite. Achei que ia chover, voltei para trás e fui buscar o chapéu de chuva. Percebi que estava frio, voltei para trás e fui buscar o cachecol. Ainda assim consegui apanhar o tram das 7h38 e cheguei a tempo do bus para a empresa, que já estava à espera e foi muito pontual, se é que não saiu antes da hora. Assim que entrei no bus não reparei no último degrau para o corredor e tropecei. Vá lá, foram simpáticos e só me ri eu, boa estreia. Durante a viagem dá para descansar os olhos enquanto se faz o caminho...
Já tenho portátil novo, que não tem acentos nem cedilhas e as outras teclas do costume estão em sítios a que não estava habituada. Primeiro estranha-se, depois entranha-se! Telemóvel talvez durante a semana. Uma série de coisas para ler e apreender.
O almoço na cantina é muito estranho, comida estranha, apesar de ter buffet, é tudo muito diferente, condimentado, pratos esquisitos, sopas esquisitas.
Reunião de burocracia, assinar papéis, várias vezes com a mesma informação.
Conheci alguns conterrâneos que trabalham no mesmo edifício. Estamos em todo o lado, encontramo-nos e suponho que façamos a festa à portuguesa, e ainda bem!
Regressei ao meu posto de trabalho, está um dia bonito, céu azul e sol! Tenho uma mesa só para mim, é uma grande novidade. Eram quase 17h e não estavam lá os 2 membros da minha equipa. Pensei que estavam em reunião, não podiam ter ido já para casa! Ou podiam??? Realmente não estavam lá os casacos deles... Saíram antes das 17h? Está tudo louco? É normal? Fiquei tão chocada que não consegui apanhar o bus das 17h30, achei que era abusivo e ainda não tinha feito quase nada de produtivo no dia.
Mas saí às 18h e uma hora depois estava na estação central. Acho que me vai custar, mas sou capaz de me habituar a estes horários... :D

domingo, fevereiro 03, 2008

Comida

Tenho de aprender algumas palavras básicas para me safar melhor no supermercado. Comprei um balde de algo que pensava ser iogurte com pedaços de pêra, mas afinal é tipo sobremesa que sabe a baunilha. Consegui distinguir o leite como sendo meio gordo, mas não percebi bem se era “do dia” ou daqueles que duram mais tempo. Comprei manteiga mas estava quase a trazer margarina. Há coisas que pelo aspecto se percebe, outras que pela “legenda” se adivinha, mas há uns que só perguntando ao sr do lado.
Acho que eles cá não usam muito as moedas de 1 e 2 cêntimos, arredondam sempre.
Os restaurantes na rua reflectem a mistura de culturas, como acontece em Londres e NY. Vê-se de tudo: africanos, americanos, argentinos, brasileiros, ingleses, das Caraíbas, chineses (dos verdadeiros), da Etiópia, da República Dominicana, franceses, gregos, holandeses, indianos, indonésios, israelitas, italianos, japoneses (ai o sushi e o sashimi de salmão...), coreanos, libaneses, mexicanos, nepaleses, paquistaneses, peruanos, portugueses (ainda não fui ver onde são), do Suriname, espanhóis, tailandeses (aquele arroz maravilhoso), tibetanos, turcos (pizzas turcas a 2 eur), vegetarianos, vietnamitas, entre outros.
A maioria tem sempre muitos condimentos a atirar para os picantes. Acho que rapidamente vou ter saudades de um azeite "normal", alhos e cebola para o belo do refogado. Valha-me a fruta saudável que não pode faltar na minha secção do armário da cozinha!
JM

sábado, fevereiro 02, 2008

O dia de hoje (Sábado)

Continuo sem ver os meus companheiros de casa, apenas ouço passos a subir e descer escadas, a máquina da roupa a apitar quando acaba o programa e alguma loiça na máquina. Cheguei a casa pelas 19h e picos e cheirava a bife grelhado. Parece que jantam quando lanchamos e devem deitar-se com as galinhas. Se calhar daqui a umas semanas apanho o mesmo ritmo...
A única coisa que me faz absoluta confusão aqui em casa é a falta de reciclagem. Já perguntei ao senhorio e ele diz que em Amesterdão não é obrigatório reciclar. Mas que posso, existem sítios onde colocar vidro e papel. Ainda não descobri onde, mas estou muito habituada a não deitar para o lixo papel, plástico, vidros, latas.
Andar de tram é rápido, já percebi que são sempre duas “tiras” de bilhete, mas não é fácil saber onde se vendem os cartões de tiras. E hoje de manhã não percebemos onde era a paragem e perdemos o tram. Fomos andando até à paragem seguinte e descobri uma chocolataria fantástica (www.artichoc.nl). São quase todas, especialmente porque são acolhedoras, cheiram a chocolate e preenchem o olhar de coisas deliciosas. Em PT não é costume encontrar, nem temos muito a cultura do chocolate, é difícil encontrar um bom chocolate quente cremoso! No meio da cidade encontrámos outra (http://www.puccinibomboni.com/) e tivemos de experimentar 2 amostras, era irresistível!
Andei no Hema e no Xenos à procura de soluções engenhosas para o meu quarto. Já arrumei as coisas que trouxe e as 3 malas couberam umas dentro das outras. Agora preciso de um pano para cobrir e faz um apoio excelente para pôr coisas em cima.
Já arranjei maneira de ter as fotos que o Pedro reuniu de recordação. Daqui a tempos viro e vejo as 30 fotos do outro lado!
E também já tenho uma mini-referência patriótica em frente da mesa do ptt!

Maybe... after all… there’s a possibility... of me...being a ladybug freak… I can’t help it! Tudo o que vejo com joaninhas é giro! Algumas coisas são infantis, mas outras são úteis! Comprei uma campainha para a bicicleta e 2 ímans. Apesar de ainda não ter bicicleta e não ir pôr as joaninhas no frigorífico da casa.
E adivinho que no dia em que deixar a bicla estacionada me roubam a joaninha, logo se vê. É um To Do futuro, aderir à bicicleta, luzes, bolsas laterais, capa para a chuva e andar por toda a cidade, para descobrir mais recantos giros, poupar dinheiro, fazer exercício e tornar-me uma local!
JM

O dia de ontem (6f)

Ontem não escrevi porque... assim que me ligo, abre-se o msn, o skype e o gtalk, falo com o meu pai com a câmara, depois vejo o mail, depois começam a piscar janelas atrás de janelas com amigos a quererem saber notícias minhas, depois procuro coisas no Google maps, depois descarrego as fotos do dia, depois faço o jantar, depois levo a minha mãe a “casa” dela, continuo a falar com mais amigos e... já estou podre de sono e as janelas continuam a piscar J É bom, mas tenho de lidar melhor com a coisa, senão não faço mais nada do que ficar agarrada à net, embora no fundo seja a minha ligação ao mundo!
A ponte por onde passo todos os dias, sobre o canal Schinkel, separa uma zona de tram, e abre-se quando passam barcos grandes. É estranho, parece um alicate gigante!

Adoro feiras, por isso tinha de revisitar a que fica na Albert Cuypstraat, onde se encontra de tudo, frutas, verduras, carne, peixe, frutos secos, roupa, acessórios, malas, sapatos, produtos de higiene, collants quentinhas! Já tinha experimentado arenque cru, é bom, com cebola e pickles!

Em praticamente todas as cidades há uma chinatown, a minha mãe quis ver. É só uma rua, mas tem aqueles restaurantes verdadeiros, com os patos pendurados e cobertos com aquele molho bom, com lojas de comida e remédios chineses. E aí descobri (devia saber estas coisas) que o ano novo está quase a começar, é o ano do Rato, que é o signo da minha mãe. E se o ano passado foi uma febre com o 7.7.07, este ano vai ser de doidos para os chineses, adoram o 8, portanto o 8.8.08 será de arromba cheio de casamentos e festas!
JM